Olá,

Visitante

Empoderamento Como Prática Educativa: Vivenciando Potências de Protagonismo Social no Mestrado Profissional

Os mestrados profissionais surgem no Brasil a partir dos anos 90, como alternativa de formação para a prática. Com vistas a preparar profissionais para atuar no diagnóstico, na formulação, execução e avaliação de políticas sociais, a Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó) oferece desde 2010 o Mestrado Profissional em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais, incluindo a disciplina Participação e Governança Local. Essa disciplina aborda temas como participação da comunidade, governança local, controle social, planejamento e gestão de políticas públicas, tendo com estratégia pedagógica a inserção dos mestrandos em espaços públicos de debate e deliberação política. Justificativa: A universidade tem o compromisso social de instrumentalizar atores para novas formas de compreender e de intervir, contribuindo para a transformação da realidade. A inserção dos mestrandos em espaços de participação social buscou oportunizar vivências de empoderamento, fomentando engajamento político na região. Objetivos: Este relato apresenta uma experiência pedagógica vivenciada no Mestrado de Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais da Unochapecó, buscando reconhecer indicativos de empoderamento pessoal, grupal e político que essa oportuniza. Descrição sucinta: No primeiro semestre de 2013, os mestrandos desenvolveram atividades junto a um conselho gestor de política pública, no caso relatado, no Conselho da Saúde de Chapecó, e junto ao Fórum Intersetorial: Criança e Adolescente no Plano Plurianual (PPA). Junto ao conselho, realizou-se observação de reuniões e leitura de atas. Durante o Fórum, cada mestrando coordenou um grupo de trabalho com representantes de diferentes organizações do município, propondo ações a serem incluídas no Plano Plurianual em favor das crianças e adolescentes. Resultados: A experiência oportunizou observar indicativos de empoderamento como: em nível individual, o reconhecimento do poder pessoal em contribuir com a comunidade com os conhecimentos adquiridos, além da oportunidade oferecida pelo mestrado de aprimoramento na carreira profissional em nível grupal, a importância do trabalho em grupo no compartilhamento de saberes e habilidades, fortalecido no fórum e em sala de aula em nível político, o reconhecimento de espaços como conselhos e fóruns intersetoriais como construções sociais com potência de articular interesses e influenciar deliberações políticas. Recomendações da Experiência: A importância de vivenciar este processo está no fato de que indivíduos empoderados agem mais em favor da comunidade em que vivem e podem influenciar na formulação de políticas por meio da inserção em diversos espaços. Isso reforça o compromisso social das universidades em constituir oportunidades que promovam o protagonismo social dos atores/autores implicados em favor do desenvolvimento social em nível local/regional.

Este relato apresenta uma experiência pedagógica vivenciada no Mestrado de Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais da Unochapecó, buscando reconhecer indicativos de empoderamento pessoal, grupal e político que essa oportuniza.

A prática pode ser reaplicada em outros mestrados, pois proporciona empoderamento aos que dela participam.

Principal

Simone Tatiana da Silva

A prática foi aplicada em

Chapecó

Santa Catarina

Sul

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Simone Tatiana da Silva

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

06 jan 2018

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Conselho itinerante:fortalecendo o controle social em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Oficina de Culinária Afeto e Sabor
Paraíba
Práticas
Aproximando a Comunidade com a Gestão da Atenção Primária em Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al
Alagoas
Práticas
Importância da Conferência Municipal de Saúde para o Fortalecimento da Participação da Comunidade na Defesa do SUS.
Paraíba
Práticas
Participação Popular na Estratégia Saúde da Família em Petrópolis-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Roda de Conversa com As Famílias: Cuidando de Quem Cuida
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Colegiado Gestor nas Unidades de Saude da Família de Japeri-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Controle Social e Saúde do Trabalhador: a Experiência Regional do Conselho Gestor do Cerest- Pólo Duque de Caxias – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
A Experiência do 1º Curso de Capacitação para Conselheiros de Saúde e Membros das Comissões Intersetoriais de Saúde do Trabalhador (Cists) Sobre a Temática da Saúde do Trabalhador do Cerest- Pólo Duqu
Rio de Janeiro