Olá,

Visitante

Ocorrência de Óbito por Causa Violenta em Menores de 12 Anos no Município de Itabaiana-Pb: a Importância da Integração da Vigilância em Saúde na Atenção Básica.

Inicialmente, é importante trazer à baila a pertinência de uma abordagem interdisciplinar quando se tem a violência e a criminalidade como problema, uma vez que estamos diante de um objeto complexo de investigação. Como a violência não é uma, é múltipla, ela pode ser considerada como multifacetada, na medida em que são várias as formas como o comportamento violento pode ser expresso, tais como, a criminalidade em si, as discriminações raciais, abusos ou a violação dos direitos de crianças e adolescentes, etc. Também são várias as suas modulações, diferentes seus atores e diversas as formas onde ela se manifesta, seja em nível interpessoal, familiar ou institucional, seja ela inclusive nos pequenos grupos. Entretanto, o aspecto no qual nos reportamos no presente trabalho é a violência infantil representada pela criminalidade. Este objeto veio delimitado como um dos principais crimes registrados em Itabaiana-PB, o homicídio em menores de 12 anos por chumbinho de forma intencional. A intoxicação exógena por chumbinho é considerada importante causa de morbidade e mortalidade no Brasil devido ao fácil acesso, baixo custo e por sua eficácia frente às tentativas de suicídio e homicídio. Nesse sentido o uso do chumbinho vem se popularizando como excelente agente. O crescimento de diversas formas de violências, vem sendo objeto de reflexão importante na saúde coletiva, na perspectiva de esclarecer as dimensões do problema, compreender os determinantes a nível coletivo e identificar grupos e populações de risco, contribuindo, assim, para o controle desta que é a mais nova “epidemia” da população brasileira. As intoxicações, em geral, são graves com elevados índices de mortalidade, que tem sido relacionada ao diagnóstico tardio e à conduta inadequada dos profissionais de saúde. Por isso a importância das notificações-investigações como instrumento norteador para o atendimento desde a avaliação sintomática, diagnóstico e tratamento.

Ocorrência de óbito por causa violenta em menores de 12 anos no Município de Itabaiana-PB

Principal

Alcir Paiva de Andrade

allpaiva@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Itabaiana

Paraíba

Nordeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Conasems

Conta vinculada

juraci.sergio@fiocruz.br

06 jan 2018

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Trabalho intersetorial no combate a dengue no município de Volta Redonda (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação extramuro: estratégia de ampliação de cobertura vacinal contra covid 19 no município de Volta Redonda(RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto saúde do trabalhador rural: integração intersetorial e avaliação da situação de saúde de trabalhadores
Rio de Janeiro
Práticas
Adesão à plataforma Salus 2.0 como ferramenta para monitoramento dos casos e qualificação da assistência prestada ao usuários com sífilis no município de Rio das Ostras
Rio de Janeiro
Práticas
O Sarampo “Navegou” Pelo Rio Madeira e “Parou” em Porto Velho: Relatando A Experiência da Vigilância em Saúde do Município
Rondônia
Práticas
Enfrentamento do Surto de Sarampo no Município de Boa Vista: uma Experiência que Demonstrou o Quanto É Possível A Integração Entre Atenção Básica e Vigilância em Saúde
Roraima
Práticas
Cuidando de Quem Cuida: Um olhar Terapêutico Aos Profissionais de Saúde na Pandemia de Covid-19.
Paraíba
Práticas
Expresso Chagas 21
Práticas
Qualificação do Sistema de Informação Sobre Mortalidade (Sim) – uma Questão de Estratégia
Pará