Olá,

Visitante

Criação de Peixes Larvófagos e Soltura em Piscinas Abandonadas Como Ferramenta de Controle do Aedes Aegypti.

A prática consiste na criação de peixes larvófagos como ferramenta de auxilio ao controle do Aedes Aegypti e sua soltura e realizada após um levantamento prévio do abandono total ou simplesmente a falta de manutenção do reservatório. Atualmente são 12 piscinas contempladas com os peixes e que já estão servindo de novos criadores na expansão deste projeto. Como resultados satisfatório pudemos observar a economicidade de larvicida, visto que não precisamos mais tratar estes reservatórios criadouros com larvicida, o que devido a sua capacidade total consumia elevada quantia dos insumos e a diminuição da fase jovem do vetor (Larva) a formulação do larvicida, diminuendo assim também a resistência do vetor ao insumo.

Falta de comprometimento dos cidadãos com seus respectivos imóveis e com a saúde pública, pois colocam em risco toda uma população que reside ao entorno destes possiveis macro focos. Larvicidas com poucas resistência ao vetor e a obrigação da utilização de moléculas cada vez mais fortes.

Vigilâncias Ambientais e Centros de controles de Zoonoses municipais.Munícipes e turistas que possuem um reservatório de agua de elevado volume e não tem condições de realizar a manutenção do mesmo. Criadores de espécies de peixes larvófagos que possam atuar em parceria com as prefeituras e governo do estado visto que problemas de saúde pública são problemas de todos.

Principal

Marcos Moreira Machado

marcosmachadobiologo@gmail.com

A prática foi aplicada em

São João da Barra

Rio de Janeiro

Sudeste

Rua Senhor dos Passos, 45

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Marcos Moreira Machado

marcosmachadobiologo@gmail.com

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Adesão à plataforma Salus 2.0 como ferramenta para monitoramento dos casos e qualificação da assistência prestada ao usuários com sífilis no município de Rio das Ostras
Rio de Janeiro
Práticas
O Sarampo “Navegou” Pelo Rio Madeira e “Parou” em Porto Velho: Relatando A Experiência da Vigilância em Saúde do Município
Rondônia
Práticas
Enfrentamento do Surto de Sarampo no Município de Boa Vista: uma Experiência que Demonstrou o Quanto É Possível A Integração Entre Atenção Básica e Vigilância em Saúde
Roraima
Práticas
Cuidando de Quem Cuida: Um olhar Terapêutico Aos Profissionais de Saúde na Pandemia de Covid-19.
Paraíba
Práticas
Expresso Chagas 21
Práticas
Qualificação do Sistema de Informação Sobre Mortalidade (Sim) – uma Questão de Estratégia
Pará
Práticas
Detecção Precoce da Hanseníase: a Eficácia da Triagem de Pele, Realizada por Técnicos de Enfermagem do Ecg na Atenção Primária de Saúde
Minas Gerais
Práticas
Vigilância em Saúde do Trabalhador e Trabalhadora na Atenção Básica
Práticas
Implantação de Instrumento Eletrônico no Monitoramento de Covid-19em Venda Nova do Imigrante
Espírito Santo
Práticas
Programa Saúde do Trabalhador: Vigilância em Saúde Interprofissional no Município de Rio do Sul,Sc
Rio Grande do Sul