Olá,

Visitante

Conscientização do Lixo Urbano Através da Dança

Nas comunidades do Rio, o problema dos resíduos sólidos descartados em local inadequado é um assunto que há muito tempo vem se agravando. Então, através dessa metodologia, com a utilização da dança, algo que a população participa, vamos conseguir passar a mensagem.

A Batalha dos Ritmos é uma iniciativa que tem como objetivo falar sobre a conscientização do lixo urbano através da dança.

Principal

Autor entrar em contato com o IdeiaSUS

A prática foi aplicada em

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Atenção Domiciliar: a Integralidade do Cuidado Promovendo Saúde e Prevenindo Agravos
Rio de Janeiro
Práticas
Relato de Experiência da Atenção Especializada em Saúde da População Trans no Município de Niterói.
Rio de Janeiro
Práticas
Modelos Assistenciais em Saúde: Desafios e Perspectivas
Rio Grande do Sul
Práticas
A Ótica do Cuidado: Relato de Experiência Sobre o Projeto olhar Brasil Realizado no Município de Vassouras – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Promoção da Saúde a Partir do Resgate da Ancestralidade de Comunidades em Contexto Rural e Quilombola no Município de Natividade
Rio de Janeiro
Práticas
Rede de Atenção com Foco no Cuidado das Pessoas com Doença Falciforme no Município de São Pedro da Aldeia – Rj: Contribuição da Coordenação de Saúde Bucal.
Rio de Janeiro
Práticas
Protocolo para o Cuidado odontológico dos Pacientes com Doença Falciforme no Município de São Pedro da Aldeia – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Nasf Pindoba e o Grupo Plantando com Saúde
Práticas
Potencial das Ações do Nasf no Programa Saúde na Escola: Articulações e Expansão na Rede de Atenção À Saúde de Juripiranga/Pb
Paraíba
Práticas
Nasf no AEE: aprendendo que na diferença somos todos iguais.
Rio Grande do Norte