Olá,

Visitante

Caps on-Line

No ano de 2019, por meio do Núcleo de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, a FIOCRUZ – Brasília instituiu o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental, Álcool e outras Drogas (PRMSMAD). O Programa visa ofertar especialização latu sensu com foco na atenção psicossocial, dentro de três áreas de atuação: assistência social, enfermagem e psicologia. O projeto além de formar novos profissionais para atuação na rede de atenção psicossocial, tem como foco também a qualificação dos serviços de saúde por meio da valorização da educação permanente. Em virtude do contigenciamento social necessário e implementado pelos governos para prevenção da disseminação do COVID-19 e da reorganização da atenção psicossocial nos campos de atuação prática que o programa vinha trabalhando, o PRMSMAD, desenvolveu uma proposta de redirecionamento para os componentes teóricos e práticos dos residentes buscando soluções possíveis e criativas para a formação e para atenção psicossocial nos termos da realidade atual. Das atividades desenvolvidas para esse período de pandemia, destaca-se o CAPS on-line, desenvolvida atualmente em conjunto com CAPS AD Itapõa, oferece suporte para atuação on-line do CAPS. O trabalho é desenvolvido através de uma busca ativa de usuários pelo telefone. Identificado os usuários e familiares com acesso as ferramentas de comunicação on-line, a ideia foi criar oficinas de interação on-line com os usuários e familiares com vistas a promoção da saúde integral. O grupo no WhatsApp acontece toda quarta-feira, das 14h30 às 16h30, com temas dedicados ao cuidado integral, como: música, práticas corporais e práticas integrativas. Para além desse horário, o Whatssapp fica aberto e disponível durante toda semana para o grupo, promovendo uma plataforma de encontro e suporte mutuo de pares. A experiência tem se destacado pela adesão dos usuários

Apoio ao trabalho dos CAPS para além do atendimento individual presencial durante a pandemia, compreendendo que o isolamento social tem afetado a vida dos usuários e dos seus familiares, em termos de cuidado em saúde e vida comunitária.

Trata-se de estratégia de simples implementação, cuja o recurso principal é um celular com WhatsApp disponível e organização da equipe técnica do serviço para mediação dos grupos. Entende-se que a estratégia pode ser interessante mesmo em períodos posteriores a pandemia, uma vez que permitiu a aproximação dos vínculos entre usuários, familiares e serviços através da mediação da tecnologia,. Conclui-se assim que a estratégia pode vir a ser uma importante ferramenta de trabalho para diminuição das barreiras de acesso ao serviço.

Principal

Nucleo de Saúde Mental, Álcool E Outras Drogas Fiocruz, Brasília

jaqueline.assis@fiocruz.br

A prática foi aplicada em

Brasília

Distrito Federal

Centro-Oeste

Instituição

CAPS AD II Itapoã

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Jaqueline Tavares de Assis

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto “Transforma-Dor”: a Psicologia e Sua Reconstrução no Cenário da Pandemia da Covid-19 – Um Relato de uma Experiência Singular no Município de Paraíba do Sul.
Rio de Janeiro
Práticas
Plantão Psicológico online
Santa Catarina
Práticas
Isolamento Social em Tempos de Pandemia: o Trabalho em Rede de Saúde Mental e Saúde da Família no Município de Niterói
Rio de Janeiro
Práticas
Mapeamento e Intervenção em Usuarios com Comportamento Suicida em Volta Redonda- Rj
Paraná
Práticas
Acolhimento na Emergência em Saúde Mental
Rio de Janeiro
Práticas
Rede de Cuidados Aos Usuários de Álcool e outras Drogas
Rio Grande do Sul
Práticas
Grupo de Bem Comigo – Espaço de Bem-Estar e Saúde
Goiás
Práticas
Terapia Comunitária Como Estratégia de Saúde Mental no Pse na Diminuição da Violência Escolar.
Bahia
Práticas
Valorização da Vida – Campanha Setembro Amarelo
Santa Catarina