Olá,

Visitante

Capacitação dos Profissionais para Ampliação da Testagem de Casos SUSpeitos de Covid-19: a Experiência do Nepp de Niterói.

Apresentação: Diante do cenário pandêmico provocado pela Covid-19, a capacitação e treinamento de profissionais foram obrigadas a se adaptar a novas formatações. A busca de novas estratégias foi crucial diante do cenário que se apresentava no país visto a necessidade de adaptação à nova realidade. A rápida transmissão do vírus, o distanciamento social, o aumento do número de casos e óbitos, o adoecimento dos profissionais, o colapso do sistema de saúde fizeram com que essa necessidade fosse premente e foram necessárias o uso de estratégias inovadoras como cursos online, videoconferências, webinar e outras formas que garantissem a não aglomeração de pessoas. Objetivos: O objetivo deste relato é compartilhar a experiência de capacitação de profissionais da APS para a ampliação da testagem de casos suspeitos de COVID-19 no município de Niterói.Trata-se de um relato de experiência sobre a capacitação de profissionais da APS para realização de testes rápidos e RT/PCR frente a necessidade de ações de combate à COVID-19 no município de Niterói. Vale destacar que essas ações de enfrentamento são articuladas com a Vigilância em Saúde do município. O lócus de ação deste relato foi extraído das atividades de capacitação desenvolvidas no Núcleo de Educação Permanente e Pesquisa (NEPP) em articulação com a Coordenação de Vigilância em Saúde (COVIG), Programa Médico de Família (PMF), no âmbito da Vice Presidência de Atenção Coletiva Ambulatorial e da Família (VIPACAF) do município de Niterói.Resultados: Com a aquisição de testes rápidos pelo município houve a necessidade capacitar os profissionais para a realização deste exame em toda rede de assistência à saúde. A capacitação para teste rápido foi realizada presencialmente obedecendo os critérios iniciais de distanciamento. Para realização de teste rápido foram capacitadas 100% das unidades de APS, além dos hospitais da rede de atenção à saúde. Foram capacitados profissionais das unidades do PMF, UBSs e Policlínicas, da rede hospitalar e da equipe de ILPIs lotados no DESUM. Participaram da capacitação 264 profissionais das seguintes categorias: enfermeiros, médicos, supervisores do PMF, técnicos de laboratório, residentes de medicina e enfermagem, dentistas, além de coordenadores, profissionais da vigilância em saúde, diretores de unidade, psicólogos, assistentes sociais, farmacêutico e administrador.Com relação ao exame RT-PCR, inicialmente a coleta era realizada mediante agendamento e coleta orientada pela COVIG. Com o estabelecimento de convênio com laboratório para processamento desses exames houve a necessidade de descentralização da coleta para as Policlínicas e posteriormente para as unidades do PMF.Para a coleta de SWAB as capacitações foram realizadas por videoconferência, visto que com o avanço da pandemia os critérios de distanciamento social passaram a ser mais rígidos. Foram treinados 100% dos enfermeiros do PMF e 68% dos enfermeiros das Policlínicas, além do médico e enfermeiros da equipe de ILPIs.

Capacitação de profissionais da APS para coleta de teste rápido e RT-PCR frente a ampliação da testagem de casos suspeitos para COVID-19.Diante do cenário pandêmico provocado pela Covid-19, a capacitação e treinamento de profissionais foram obrigadas a se adaptar a novas formatações. A busca de novas estratégias foi crucial diante do cenário que se apresentava no país visto a necessidade de adaptação à nova realidade. A rápida transmissão do vírus, o distanciamento social, o aumento do número de casos e óbitos, o adoecimento dos profissionais, o colapso do sistema de saúde fizeram com que essa necessidade fosse premente e foram necessárias o uso de estratégias inovadoras como cursos online, videoconferências, webinar e outras formas que garantissem a não aglomeração de pessoas. A Educação Permanente em Saúde é compreendida como um conceito pedagógico que relaciona ensino, serviço e saúde, e que tem como objeto a transformação do processo de trabalho, orientado para a melhoria da qualidade dos serviços e para a equidade no cuidado e no acesso aos serviços.

É de suma importância a capacitação do maior número de profissionais da APS para efetiva descentralização da testagem para COVID-19, aumentando assim o acesso da população a esse procedimento e consequente redução da transmissão do vírus.Por meio da APS e com sua capilaridade nas equipes de Saúde da Família é possível a descentralização dos atendimentos, da testagem de um número maior de casos suspeitos, da busca ativa de casos novos e do monitoramento dos casos confirmados de COVID-19. A descentralização da testagem é uma estratégia fundamental para o aumento de detecção de novos casos, vinculação ao cuidado adequado e vigilância epidemiológica no município. Porém é necessário ter profissionais capacitados adequadamente para a execução das ações propostas, dentre estas a ampliação da testagem para COVID-19, seja por RT-PCR ou pelo teste rápido.

Principal

Denise da Silva Erbas

deniseerbas@gmail.com

A prática foi aplicada em

RJ

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Niterói

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Denise da Silva Erbas

Conta vinculada

deniseerbas@gmail.com

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Orientação Nutricional para Enfrentamento do Covid 19 para Pacientes Renais Crônicos
Pará
Práticas
Processo Compartilhado na Construção do Coapes em Araçatuba/Sp.
São Paulo
Práticas
Formação em Saúde Como Ferramenta para Traçar a Rede de Cuidados em Atenção Psicossocial no Carmo/Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Especializando a Gestão da Atenção Primária À Saúde no Sistema Único de Saúde: o Sucesso Não ocorre por Acaso.
Paraná
Práticas
QualificaapSUS Ceará: a Experiência da Unidade Laboratório no Município de Jaguaribe.
Ceará
Práticas
Jaguaribara Promovendo Educação Permanente na Atenção Primária Regional
Ceará
Práticas
e no Apoio, Me Apoiei
Bahia
Práticas
Proced – Projeto de Capcitação e Educação em Diabetes
Bahia
Práticas
Curso de Autocuidado Como Suporte para a Melhora da Qualidade de Vida na Segunda Idade Adulta (Meia Idade)
Espírito Santo
Práticas
Projeto: Nasce Um Filho Nasce uma Mãe
Paraíba