Olá,

Visitante

Atualiza APS: experiência da construção de um curso para profissionais da atenção primária à saúde

Campina Grande é a segunda cidade mais populosa da Paraíba, possuindo população estimada de 419.379 habitantes (IBGE, 2020). Na Atenção Primária à Saúde o município conta atualmente com 120 equipes de ESF. No entanto, devido ter aderido ao programa “APS do futuro” proposto pelo Ministério da Saúde, novas 83 equipes estão sendo implantadas, com vistas a cobertura de 100% da população. Considerando a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS), emerge a necessidade de atualizar os novos profissionais em práticas de cuidado em saúde, como também estimular a educação continuada e o aprimoramento dos profissionais já existentes.
Neste sentimento surge o curso “ATUALIZA APS”, como uma proposta de qualificação e atualização profissional nas linhas de cuidado entrelaçadas com as Redes de Atenção à Saúde. A equipe de facilitadores foi composta por diversas categorias profissionais, como coordenadores de pastas e profissionais da assistência com expertise e conhecimento acadêmico para atuarem como facilitadores de aprendizagem. O curso foi constituído por meio de metodologias ativas de ensino, essa proposta buscou suprir a necessidade de atualização dos profissionais no que diz respeito a diretrizes, protocolos e normas técnicas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, proporcionando aos participantes uma imersão nos conteúdos das políticas públicas em saúde e um espaço protegido para o compartilhamento de vivências e experiências entre as equipes participantes do curso.

A construção do “ATUALIZA APS” surgiu da necessidade de atualização e aperfeiçoamento dos profissionais da Atenção Primária à Saúde com as normas técnicas, protocolos e documentos ministeriais mais atualizados e pela ampliação do número de equipes em detrimento da adesão a “APS do Futuro”, dos novos residentes de medicina de família e comunidade e dos novos residentes da residência multi profissional em Saúde mental, ao tempo em que favorece aos profissionais uma imersão nas políticas públicas de saúde e o compartilhamento de vivências e experiências dos seus processos de trabalho, através de novas ferramentas pedagógicas de ensino e aprendizagem a exemplo das metodologias ativas de ensino.

O primeiro “Atualiza APS” priorizou os seguintes temas: (I) Resgate do histórico das políticas públicas de saúde no Brasil e em Campina Grande, cidade pioneira na implementação da estratégia saúde da família; (II) Política Nacional de Atenção Básica e suas atualizações; (III) Territorialização e Interprofissionalidade como meios para o alcance de melhores resultados relacionados ao cuidado; (IV) Redes de Atenção à Saúde, linhas de cuidado e ações programáticas em saúde; (V) Vigilância epidemiológica e Sistemas de informação em saúde como subsídio para o planejamento de ações da APS.
Os temas foram trabalhados por meio de metodologias ativas e tecnologias educacionais, como: acolhimento temático com vídeo disparador, sala de aula invertida, uso de tarjetas coloridas, dinâmica de reconhecimento de atribuições comuns, aplicação de casos clínicos e situações problema (TBL e PBL), oficinas de trabalho e formação de “teias” de cuidado.
Para o AAD, elencou-se vídeos disparadores e de aprofundamento nos temas, leitura de artigos científicos e documentos institucionais. No processo avaliativo, ao fim de cada turno era realizada a avaliação por pares, por meio de tarjetas coloridas a autoavaliação, avaliação do grupo, das atividades desenvolvidas e dos facilitadores. No último turno do curso, os participantes responderam a um google forms avaliativo englobando a escolha dos temas, das metodologias, os facilitadores e o curso em si, após a avaliação final eram gerados os certificados.

Recomenda-se que os profissionais de saúde sejam capacitados regularmente devido as constantes mudanças de portarias ministeriais e que essas capacitações utilizem ferramentas pedagógicas que estimulem os profissionais ao protagonismo de seu aprendizado através de reflexões críticas do seu processo de trabalho e dialogicidade entre eles buscando superar os desafios encontrados. As metodologias ativas de ensino são as recomendadas para essas abordagens didáticas centradas no mundo do trabalho.

Principal

Maria Núbia de Oliveira

mnubia0701@gmail.com

Diretoria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde

Coautores

Maria Núbia de Oliveira, Carlos Marques Dunga Júnior, César Moreira Gomes, Hamana Oliveira Queiroz Bessa, Waleska Fernanda Souto Nóbrega, Flávia Gomes Silva

A prática foi aplicada em

Campina Grande

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Av. Jorn. Assis Chateaubriand, 1376 - Liberdade, Campina Grande - PB

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Charles Massena Alves

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Início da Execução

06/03/2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba