Olá,

Visitante

As Ações da Gestão Municipal e Serviços de Saúde no Enfrentamento Á Covid -19

No Município de Niterói, atualmente existem 38 (trinta e oito)Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s), que abrigam mais de 650(seiscentos e cinquenta) idosos, divididos entre filantrópica e a rede complementar.Estima-se que atualmente em Niterói comporte cerca de 114 mil idosos, sendo estes22,2% da população total. As pessoas idosas residentes em ILPI’s, em sua maioria,possuem idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos

A doença apresenta um quadro clínicoque varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios graves. De acordo com aOrganização Mundial de Saúde (OMS), a maioria dos pacientes com COVID-19 (cercade 80%) podem ser assintomáticos e cerca de 20% dos casos podem requereratendimento hospitalar, no idoso, alem dos sintomas clássicos, podem apresentarconfusão mental, apatia, desorientação e ate falta de equilíbrio com mais facilidade.

Conclui-se a importância deste feito para a saúde do município, além de contemplar osprincípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), destaca-se então não somentea execução do teste, e sim a educação destes profissionais que lidam diariamente comesses idosos, destacando medidas sanitárias e higiênicas. A intersetorialidade entreunidades, coordenações e departamentos da rede SMS/FMS foi relevante para ocumprimento dos objetivos propostos. Do monitoramento, foi obtido a informação de50 (cinquenta) óbitos de idosos residentes, sendo: 20% por Covid-19 confirmados, 21%por óbitos que possa estar associado à Covid-19. Pode-se concluir que mesmo tendoperdas, a experiência relatada contribuiu para que não houvesse mais perdas de vida,ficando muito evidente a necessidade de capacitação, em especial a categoria deEnfermagem Responsáveis Técnicos e está sendo providenciado esta capacitação comcertificação e que a vigilância Sanitária cobrará em Inspeções futuras, que seráimportante não só para a Pandemia de Covid-19, mas para todas as doençasinfectocontagiosas. Destaca-se que o monitoramento dessas ILPIs ainda continua sendorealizado rotineiramente pela Vigilância em Saúde do Município e a VigilânciaSanitária.

Principal

Gildete Ferreira

ghylferr@gmail.com

A prática foi aplicada em

Niterói

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Avenida Ernani do Amaral Peixoto - de 171 a 211 - lado ímpar

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Gildete Ferreira

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

06 jun 2016

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar
Paraíba
Práticas
V amostra Paraíba, aqui tem SUS
Paraíba
Práticas
Autonomia reprodutiva: empoderamento de mulheres em vulnerabilidade através da inserção do DIU
Paraíba