Olá,

Visitante

Ambiência Como Produção da Saúde

FINALIDADE DO TRABALHO: Objetivo Geral: ?

Tendo em vista que a ambiência dentro do contexto da saúde surge com a implantação da Politica Nacional de Humanização (2003) ao propor resgatar princípios do SUS no cotidiano dos serviços de saúde, um de seus recortes diz respeito a ambiência e essa tornou-se uma de suas diretrizes para a prática de profissionais no sistema público de saúde. Neste sentido o termo ambiência na saúde diz respeito a “compreende o espaço físico, social, profissional e de relações interpessoais que deve estar em sintonia com um projeto de saúde voltado para a atenção acolhedora, resolutiva e humana” (BRASIL, 2010). Ainda tendo como base o documento que norteia a política, Brasil (2003), a ambiência passa, na saúde, retratada como um método de inclusão, esse propõe e integra uma composição de saberes que tende potencializar o ambiente para mudanças. Norteada, a política, por três eixos principais o primeiro conduz a reflexão do espaço que visa a confortabilidade, o segundo o espaço como ferramenta facilitadora do processo de trabalho e por último a ambiência como espaço de encontros entre os sujeitos. Norteado nestes três eixos a Gestão Municipal de Saúde de Cristalândia – TO apresenta o presente relato que objetiva melhorar as relações do processo de trabalho dos profissionais e usuários no cotidiano do ambiente da Gestão Municipal de Saúde.

Considerando o conceito de ambiência para os espaços de tratamento da saúde, adquire-se um avanço qualitativo para a humanização, principalmente quando falamos do eixo de construção de práticas que contribuam para o sistema de saúde. Esse espaço de tecnologia leve de cuidado tende invadir espaços e passa a analisar as situações que são construídas fora da rotina. Seja em um determinado ambiente e num determinado tempo, vivenciadas por um grupo de pessoas com seus valores culturais e relações sociais (Brasil, 2010).

Principal

Sinvaldo dos Santos Moraes E Leila Cantuário Brito

sinvaldomoraes@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Cristalândia

Tocantins

Norte

Instituição

Av. Pedro Braz, 1

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Sinvaldo dos Santos Moraes e Leila Cantuário Brito

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

04 jul 2022

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Samu nas escolas – lei Lucas nas escolas da rede municipal de educação de São Luís
Maranhão
Práticas
Programa Saúde na Escola em Meio a Pandemia Covid-19: Experiência Exitosa em Benedito Novo – Sc
Santa Catarina
Práticas
Literacia para a Saúde na Puericultura odontológica: Experiência de Tele orientações na Aps.
Santa Catarina
Práticas
Impacto da Pandemia da Covid-19 na Educação Básica
Práticas
Monitoramento Como Estratégia de Enfrentamento À Covid 19
Paraíba
Práticas
Comissão de Integração Ensino e Serviço: Potencializando a Educação Permanente em Saúde
Paraíba
Práticas
Comissão de Integração Ensino e Serviço: Potencializando a Educação Permanente, a Formação em Saúde na Ii Macrorregião de Saúde
Paraíba
Práticas
Sistematização da Rotina das Salas de Vacina no Município de Quissamã/Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Capacitação dos Profissionais de Saúde para a Melhora da Qualidade de Vida do Paciente.
Rio de Janeiro
Práticas
Uso de Plantas Medicinais em Práticas Culinárias: uma Estratégia de Educação em Saúde
São Paulo