Olá,

Visitante

Desnutrição e Risco Nutricional de Usuários a Partir da Ubs: Sensibilização na Atenção Primária.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: Visando aumentar o acesso da assistência nutricional aos usuários das UBS que são acometidos de morbidades com injúrias elevadas e com impacto nutricional, traçou-se como finalidade principal capacitar as equipes de estratégia de saúde da família (ESF) no município de Alvorada/RS quanto ao risco nutricional e a desnutrição dos usuários da rede de atenção á saúde (RAS), tendo em vista a falta de perspectiva desses pacientes quanto ao acesso do atendimento nutricional.Para alcançar esse objetivo, foram traçados objetivos específicos conforme segue:- apresentar conceitos de desnutrição e risco nutricional, dados epidemiológicos e ferramentas de rastreamento nutricional

No município de Alvorada / RS, os usuários que frequentam as unidades básicas de saúde (UBS) são avaliados pelos médicos e encaminhados para atendimentos com especialistas, incluindo a consulta com a nutricionista, de acordo com as demandas individuais. No centro de especialidades do município (PAM-8), para onde são encaminhados, observou-se que nos últimos 5 anos, cerca de 99% dos atendimentos nutricionais apresentavam, como cerne dessa indicação, a presença de excesso de peso. Diante dessa realidade, houve uma motivação para maiores esclarecimentos aos profissionais das UBS quanto as indicações para a assistência nutricional, visando aumentar o nível de abrangência dos tratamentos.Na atenção primária à saúde (APS), nos deparamos com pacientes que são acometidos por morbidades que podem impactar no estado nutricional, no que se refere a perda de peso e a desnutrição, tais como acidente vascular encefálico, doenças respiratórias, neoplasias, entre outros. Considerando a importante prevalência dessas patologias na população, e que a intervenção nutricional precoce pode beneficiar o impacto do prognóstico desses pacientes, propusemos a sensibilização dos profissionais atuantes na atenção básica de saúde, para a aplicação de rastreamento dos pacientes quanto ao risco nutricional a fim de realizarem o encaminhamento precoce ao atendimento nutricional ao PAM-8.

O atendimento nutricional da atenção primária no município de Alvorada/RS atuava com grande prevalência na assistência às morbidades relacionadas ao excesso de peso, que são consideradas importantes, diante do quadro atual da população devido a transição nutricional. Entretanto, a partir da realização da capacitação dos profissionais que atuam nas UBS foi possível determinar um olhar diferenciado para àqueles pacientes que são acometidos de injúrias que podem desencadear a desnutrição. O atendimento nutricional prestado pelo nutricionista do PAM-8 está sendo mais atuante para os pacientes com baixo peso ou com risco nutricional, tendo em vista o aumento do número de encaminhamentos desses pacientes a partir da UBS, proporcionando maior acesso do direito à saúde da população. Com o rastreamento nutricional na UBS, pôde-se realizar uma intervenção nutricional precoce no PAM-8, que propiciou melhora da qualidade de vida dos sujeitos, com possível implicação indireta na redução dos custos, no sistema de saúde, acarretados pela desnutrição nos níveis de atenção primária, secundária e terciária.

Principal

Cintia Lopes Castro Lucho

cissacastro@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Alvorada

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

R Roberto de Souza Feijó, 147

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Cintia Lopes Castro Lucho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

07 jul 2022

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Zoonoses e Vetores na Escola: Informação, Educação e Comunicação em Saúde como ferramenta de mudança.
Rio de Janeiro
Práticas
A Integração Ensino Serviço Comunidade em Volta Redonda/RJ: Em defesa da formação no SUS para o SUS
Rio de Janeiro
Práticas
Acôes de promoção e prevenção a saúde integradas, com outras vigilâncias, equipe multidisciplinar e APS para trabalhadores e trabalhadoras, realizadas no lde trabalho, das empresas privadas parceiras do municipio de João Câmara, RN
Rio Grande do Norte
Práticas
Pode ser lindo aprender no SUS: uma proposta para o acolhimento dos futuros trabalhadores da saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Mas eu não consigo doutor – Grupos dialógicos para a APS – Juntos nós podemos
Rio de Janeiro
Práticas
Novos horizontes para a educação permanente em saúde: alcançando as necessidades do SUS
Rio de Janeiro