Olá,

Visitante

A Sistematização da Coleta de Dados para Avaliação dos Indicadores do Grupo Técnico Condutor Municipal da Rede Cegonha de Piraí, Direcionando para a Qualificação do Planejamento das Ações.

A partir da instituição do Grupo Condutor Municipal da Rede Cegonha, pela Portaria SMS/GS Nº 027, de 03 de outubro de 2014, pela Secretaria Municipal de Saúde de Piraí, considerando o disposto na Portaria MS/GM Nº 1.459, de 24 de junho de 2011, que institui a Rede Cegonha no âmbito do Sistema Único de Saúde, composta por membros da Atenção Básica, Divisão Municipal de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria, Coordenação da área Técnica da Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente da Secretaria Municipal de Saúde e representante do grupo condutor regional da rede cegonha, Divisão de Vigilância em Saúde e Hospital Flávio Leal

A ausência de mecanismos para a coleta sistematizada de dados que subsidiasse a avaliação dos indicadores da Rede Cegonha pactuados regionalmente e para o direcionamento do planejamento de ações em âmbito local, apontou para a ineficácia da gestão dos indicadores.

Recomendamos aos gestores a manutenção e monitoramento dos grupos condutores municipais instituídos, a utilização das ferramentas de gestão criadas pelo grupo para o planejamento das ações e tomadas de decisões na área

Principal

Rizzieri Mesaque E Silva E Marcelli de Oliveira

diretorassaude@gmail.com

A prática foi aplicada em

Piraí

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Rua Moacir Barbosa 73, Centro

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Rizzieri Mesaque e Silva e Marcelli de Oliveira

Conta vinculada

diretorassaude@gmail.com

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Laboratorio Vivo Fortalecendo Intersetorialidade na Prevenção das Arboviroses em Junco do Serido/Pb.
Paraíba
Práticas
Vigilancia em Saude e Saúde na Escola: uma Parceria de Sucesso no Municipio de Queimadas-Pb
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Laboratorial do Lacen-Pb: Um Relato de Experiência
Paraíba
Práticas
A Feira Livre de Esperança-Pb: Vigilância Sanitária e As Ações de Prevenção e Combate À Covid-19
Rio de Janeiro
Práticas
Ferramentas Tecnológicas Aplicadas no Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Laboratorial do Lacen-Pb
Paraná
Práticas
Medidas Sanitárias Aplicada ao Controle Datransmissão da Leishmaniose Animal
Paraíba
Práticas
Fortalecimento e Ampliação da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar na Paraíba
Paraíba
Práticas
Covid 19 – Experiência de Enfrentamento das Arboviroses, Combatendo As Endemias Durante a Pandemia
Rio de Janeiro
Práticas
Novas Estratégias para o Monitoramento e a Fiscalização das Práticas de Segurança do Paciente pela Vigilância Sanitária nos Hospitais do Distrito Federal.
Distrito Federal
Práticas
Experiência de Integração Intersetorial no Controle ao Aedes Aegypti e Bloqueio da Doença Chikungunya no Município de Cunha Porã, Sc.
Santa Catarina