Olá,

Visitante

A gestão da equidade no SUS-BH: relato da experiência com o projeto Família Cidadã

O SUS-BH desenvolveu uma metodologia para a promoção, prevenção, atenção, vigilância e assistência à saúde, na Atenção Primária à Saúde APS, às famílias em situação de maior risco social de Belo Horizonte, participantes do Projeto Família Cidadã BH Sem Miséria-PFC. O PFC foi desenvolvido de forma conjunta e articulada com as demais políticas públicas e sob coordenação da Secretaria Municipal de Política Social (SMPS), dentro do Programa BH Cidadania. Ele propõe o acompanhamento de uma coorte de 2040 famílias, situadas abaixo da linha de pobreza, de 2016 a 2018, selecionadas pelos critérios: Índice de Desenvolvimento Familiar(IDF) igual ou menor que 0,5

Busca-se melhorar os indicadores de condições de vida e de saúde das pessoas e famílias incluídas no PFC

As iniqüidades em saúde não podem ser combatidas sem que as iniqüidades sociais também o sejam. Desenvolver projetos voltados à gestão da eqüidade é uma contribuição do SUS-BH à agenda de redução das iniqüidades de BH.Ela visa: identificar as situações de desigualdade que afetam particularmente determinados indivíduos, famílias, populações e/ou territórios, com vistas á promover suas inclusões, melhorando sua condição de vida e saúde

Principal

Maria do Carmo Freitas da Costa

geas@pbh.gov.br

A prática foi aplicada em

Belo Horizonte

Minas Gerais

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Avenida Afonso Pena, 2336

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Maria do Carmo Freitas da Costa

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

20 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Hidrovida: a utilização de terapia aquática como forma de tratamento para idosos com doenças osteomusculares.
Paraíba
Práticas
Assistência multiprofissional aos portadores de hipertensão e diabetes mellitus de uma UBS de Belém do Brejo do Cruz – PB: relato de experiencia
Paraíba
Práticas
Abordagem multiprofissional a usuários em processo de reabilitação física em Queimadas – PB
Paraíba
Práticas
Acesso facilitado ao mamógrafo itinerante: identificação precoce do câncer de mama
Paraíba
Práticas
O Papel do Samu na promoção em saúde com educadores e cuidadores de crianças com TEA
Paraíba
Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
projeto interagir sorrindo
Rio de Janeiro