Olá,

Visitante

Realização de Festa Popular com Participação de Portadores de Transtornos Mentais Crônicos do Caps de Registro

A Festa da Solidariedade é um evento que ocorre anualmente na cidade de Registro-SP. Com início no ano de 2006, surgiu no intuito de ser um espaço de arrecadação de fundos para associações e entidades sociais, assim como para divulgar seus trabalhos. Durante três noites as entidades comercializam alimentos e artesanatos. Além da oportunidade de arrecadação de dinheiro, há ainda concurso de melhor decoração da barraca, arrecadação de lacres de latinhas e venda de bingos. Participam desse evento certa de 30 instituições, atraindo um público de mais de 20.000 pessoas. O CAPS iniciou sua participação em 2012 e tem utilizado os recursos adquiridos para fins de socialização de seus usuários.O CAPS iniciou sua participação em 2012 e tem utilizado os recursos adquiridos para fins de socialização de seus usuários. A participação do CAPS na Festa da Solidariedade tem como função ser uma solução para socialização de portadores de transtornos mentais fazendo com que sejam sujeitos ativos em um dos eventos mais colaborativo para a manutenção das atividades sociais desempenhadas pelo CAPS, assim como gerar renda para que o incentivo e oportunidade para socialização possa ser realizada em outros momentos durante o ano em meios aos quais os usuários geralmente não tem acesso como: praias, aulas de surf, visitas a aquário, museu, cinema e pesqueiro. Inicialmente realiza-se o planejamento das ações a serem realizadas, entre elas: decoração da barraca a ser elaborada no CAPS por usuários e equipe, definição de funções desde a obtenção de matéria prima e confecção dos alimentos e escala de trabalho. Incentiva-se que os usuários participem do maior número de tarefas possíveis e tais atividades são realizadas nas oficinas do CAPS. Alguns usuários são convidados a trabalharem na festa conforme suas possibilidades. Durante o restante do ano, com o lucro obtido no evento, todos os usuários são convidados a participarem dos passeios e demais atividades de cultura e recreação. Por se tratar de evento qualitativo os atuais indicadores são as observações realizadas em relação ao aumento do envolvimento dos usuários na construção e elaboração das atividades para a Festa da Solidariedade.

Expor simples soluções para socialização de portadores de transtornos mentais crônicos, e gerar renda para socialização possa ser realizada em outros momentos durante o ano, como: praias, aulas de surf, visitas a aquário, museu, cinema e pesqueiro.

O CAPS de Registro participou da Festa da Solidariedade nos últimos cinco anos. A cada ano os usuários do serviço estão mais conscientes em relação as suas capacidades de atuação em seu meio. A participação dos mesmos desde a elaboração e acontecimento da festa até nos passeios e demais atividades extra CAPS são possíveis devido a arrecadação de fundos para tal, comprovando a possibilidade de uma (re) inserção cada vez maior não só em eventos como a Festa da Solidariedade, mas na sociedade de forma geral.

Principal

Emília Mitsuko Kimura Noguti, Paula Fernanda Dobravec Rossetti, Roberta Martins Airoldi, Emília Mitsuko Kimura Noguti.

sjbmerfa@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Registro

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua São Paulo - Vila Fatima

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Emília Mitsuko Kimura Noguti, Paula Fernanda Dobravec Rossetti, Roberta Martins Airoldi, Emília Mitsuko Kimura Noguti.

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba