Olá,

Visitante

A Criação de Banco de Dados Georreferenciado de Domicílios e Indivíduos Como Forma de Estruturação das Ações da Atenção Básica e Atualização do Banco do ESUS.

Desde dezembro de 2017, os ACS passaram utilizar tablets com recurso de georreferenciamento em suas ações, o que permitiu o recenseamento da população, criando um banco de dados (BD) atual, dinâmico, confiável e integrado ao eSUS, que até então contava com poucos registros em sua base. Esse novo BD foi a base para a organização da AB, com impacto na gestão de recursos da saúde como um todo.A criação do BD georreferenciado objetivou:- conhecer de forma detalhada e segura o território de saúde

Deficiência histórica de se ter um banco de dados seguro, completo e dinâmico que de luz ao território de saúde, com as informações de domicílios e indivíduos, que seja a base para o planejamento e execução de ações pela SMS.

Analisar de maneira minuciosa o banco de dados eSUS, buscando levantar as seguintes questões:- é completo, ou seja, todos os domicílios e indivíduos estão ali inseridos?- é limpo, ou seja, há no banco duplicações, cadastros desatualizados, cadastro de moradores de outros domicílios?- é seguro, ou seja, as informações ali constantes expressam de maneira fiel a realidade dos territórios?

Principal

Marcelo Poeys Dair

mpdair@gmail.com

A prática foi aplicada em

São José de Ubá

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Marcelo Poeys Dair

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Transparência na Fila de Espera de Cirurgias Eletivas
Santa Catarina
Práticas
Atenção Integral e Cuidado em Saúde Bucal: Acesso ao Serviço Especializado de odontologia
Ceará
Práticas
Perfil Epidemiológico e Tratamento Empregado Aos Pacientes Diabéticos Atendidos pelo Programa de Diabetes no Município de Morrinhos/Go – Brasil no Período de 2008 a 2011
Goiás
Práticas
Implantação da Assistência Farmacêutica Aos Usuários Egressos do Atendimento Emergencial do Serviço de Pronto Atendimento (Spa) da Secretaria de Saúde do Município de Recife
Pernambuco
Práticas
Perspectivas de contribuição do Sistema de Gestão da Assistência Farmacêutica Horus: Recife no tratamento de usuários com tuberculose
Pernambuco
Práticas
Atenção Farmacêutica ao Paciente Insulinizado
Pernambuco
Práticas
Curso e Enfermagem Gasoterapêuta
Rio de Janeiro
Práticas
Atenção Integral ao Portador de Pé Diabético
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Guia de Saúde oral para Deficientes Visuais no Sistema Único de Saúde (SUS)
Bahia
Práticas
Ações Govenamentais para a Reabilitação de Crianças e Adolescentes Vítimas de Traumatismo Crânio Encefálico e o Seu Retorno ao Direito ao Processo de Aprendizagem.
Rio de Janeiro