Olá,

Visitante

Vacinação extramuro: estratégia de ampliação de cobertura vacinal contra covid 19 no município de Volta Redonda(RJ)

Este trabalho teve como objetivo demonstrar o aumento dos índices de cobertura vacinal contra covid-19, no município de Volta Redonda, interior do estado do Rio de Janeiro. É relevante apontar que na Atenção Primária em Saúde – APS, o serviço de imunização transcende a demarcação de uma área para aplicação das vacinas, nessa ótica, a gestão municipal adotou a metodologia de organização do processo de vacinação, com atividades extramuro que ocorreram no período de janeiro a dezembro, nos anos 2021 e 2022, durante a semana, incluindo finais de semana e feriados.

A Baixa cobertura vacinal Os locais selecionados para a a realização das atividades foram em dois pontos fixos nos shoppings da cidade; Serviços de vacinação itinerante em seis bairros do município, utilizando-se de um “Carro da Vacina”; Vacinação em sistema de drive thru no grande centro cultural do município?; em eventos comerciais como ‘’Rua de Compras’’, ‘’Festival de Torresmo”; ‘’Liquida VR’’, ‘’Arraia VR’’ e ‘’Mega Cidadania”. Também fizeram parte da estratégia, cerimônias religiosas e festividades ocorridas no município. Pautada no princípio da integralidade do cuidado e assistência humanizada, essas ações foram desenvolvidas, por meio do trabalho integrado e intersetorial, da APS, Departamento de Vigilância em Saúde e Divisão de Vigilância Epidemiológica, que consta com uma Central Municipal de Imunização responsável pelo recebimento, acondicionamento e distribuição das vacinas provenientes da Secretaria Estadual de Saúde.

As vacinas são destinadas as unidades e pontos de vacinação, com o apoio do Gabinete de Estratégia Governamental, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Ação Comunitária, Secretaria Municipal de Comunicação e Secretaria Municipal de Infra Estrutura. As informações acerca das doses aplicadas da vacina contra covid-19, foram tabuladas e elaborado relatórios, Foram aplicadas 969.222 vacinas, sendo na estratégia Extramuro, 95.607, representando um total de 10% das doses.

Portanto, considera-se que as estratégias de vacinação, a partir das ações extramuro, foram relevantes para o aumento dos índices de cobertura vacinal no município, além de fortalecer, integrar e potencializar o setores envolvidos, umas vez que essas ações podem contribuir para a garantia dos príncípios do SUS.

Principal

Milene Paula de Souza Silva

milenesilva.smsvr@gmail.com

Diretora do Departamento de Vigilância em saúde

Coautores

Milene de Paula Souza Silva,Carlos Alberto Moutinho Saldanha de Vasconcelos,Eliane Rezende Alvarenga,Marciléa Dias de Sá Paiva Lima,Maria da Conceição de Souza Rocha,Maria de Fátima Brito de Rezende,Milene de Paula Souza Silva,Rosa Lages Dias,Tainã Bomfim Pinto Silva,Vanessa de Lima Huguenin,Vanusa Tubbs de Souza

A prática foi aplicada em

Volta Redonda

Rio de Janeiro

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua São João Batista, n.º 35 – Bairro Niterói – CEP: 27283-240

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Milene Paula de Souza Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

19 fev 2024

e atualizada em

19 fev 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
Controle das arboviroses no município de Brejo do Cruz – PB
Paraíba
Práticas
O Alcance dos indicadores da imunizaçâo do programa de qualificaçâo das ações de vigilância em saúde
Paraíba
Práticas
Acolhimento e seguimento intersetorial às crianças e adolescentes vítimas de violências
Paraíba
Práticas
Estudo das infecções do trato urinário na população de Queimadas (PB) atendida pelo SUS
Paraíba