Olá,

Visitante

Vacinação Contra Covid 19 em São Francisco: o Êxito da Intersetorialidade

Categoria não especificada

O presente trabalho relata a experiência de vcinação contra COVID 19 no município de São Francisco a partir de ações intersetoriais que buscaram facilitar a cobertura vacinal da população, sobretudo, no período pandêmico.

Dentre os problemas e desafios enfrentados, destacamos: a dificuldade de acesso às localidades rurais para vacinação em domicílio; a oferta de imunizante, no início da campanha, era reduzida comparada a demanda local pela vacina contra COVID 19 o que provocava conflitos com a população e a carga horária dos profissionais de saúde que foi ampliada.

O presente projeto foi criado para facilitar o acesso aos imunizantes e conscientizar a população sobre a importância da vacinação. A vacina passou a ser disponibilizada nos domicílios para os pacientes acamados e domiciliados, nos pontos estratégicos: em escolas, ginásio municipal, associações comunitárias na zona rural, Igrejas, praças, feira livre, creches, assim como em todas as Unidades Básicas de Saúde. Além da oferta da vacina em pontos específicos, a SMS promoveu ações de busca ativa da população, através dos Agentes Comunitários de Saúde, contatando as pessoas que constavam nas listas repassadas pelos ACS, informando os locais e horários de vacinação, que contribuíram para a ampliação da cobertura vacinal. Foram firmadas parcerias intersetorias entre secretarias municipais e órgãos públicos de modo a facilitar a efetivação de vacinação nos pontos determinados, isto é, a vacinação “extra-muro”.

O planejamento antecipado de ações e atividades de vacinação contra COVID 19 conduziu a uma vacinação mais efetiva e, por conseguinte, a uma proteção mais eficaz da saúde da população francisquense. Além disso, a execução das estratégias diversificadas de vacinação implementadas no município garantiram, na rede de atenção primária à saúde, a redução do número de pessoas infectadas pelo vírus da COVID 19 e, consequentemente, o número reduzido de óbitos pela doença. Reitera-se que o presente documento é dinâmico e que poderá sofrer atualizações à luz dos novos conhecimentos, pois a COVID-19 é uma doença nova e as vacinas vinculadas à sua prevenção também são inovadoras.

Principal

MARIANA TEODORO DOS SANTOS

Coautores

JOSIANE DANTAS MARTINS , THAYLLES YARA MARQUES MARTINS

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro