Olá,

Visitante

Vacinação Contra a Covid-19 nas Escolas da Rede Municipal de Imperatriz como Estratégia de Aumento da Cobertura Vacinal em Crianças e Adolescente

Categoria não especificada

Apresentação e contextualização das ações de imunização: A covid-19 é uma infecção respiratória aguda, potencialmente grave, de elevada transmissibilidade. Apesar de predominarem as formas clínicas mais leves ou assintomáticas entre crianças e adolescentes, eles não estão isentos da ocorrência de formas mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica associada à COVID-19. A vacinação é reconhecida como a principal estratégia de redução da morbimortalidade da doença, bem como de internações e óbitos, desde a sua implantação em 2021. As vacinas contra a COVID-19 tiveram grande impacto na redução da morbimortalidade, tendo evitado muitos óbitos e internações no Brasil desde a sua introdução. A vacina é o meio mais seguro de proteção contra diversas doenças, tendo a missão de estimular a produção de defesas do organismo, e é uma prioridade em saúde pública que deve ser mantida, com a adoção de estratégias de acordo com as realidades locais. A escola é um importante veículo de informações e espaço privilegiado para se implantar políticas públicas de promoção de saúde de crianças e adolescentes. Nesse sentido, é possível perceber a necessidade de integração e articulação entre as secretarias de Educação e Saúde com o propósito de melhorar a qualidade de vida e, consequentemente, de aprendizagem dos alunos. Identificação e priorização dos problemas e desafios: Em Imperatriz-MA, a vacinação contra a COVID-19 é realizada em vários pontos, e várias campanhas aos sábados com dias estratégicos nos shoppings da cidade, como estratégia de ampliar a cobertura em crianças e adolescentes, mas a adesão ainda é baixa. Estratégias de Fortalecimento das Ações de Imunização: Como estratégia de ampliação da cobertura vacinal no público infantil a Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretária Municipal de Educação iniciou em março de 2022 a campanha de vacinação contra COVID-19 nas escolas da rede municipal, ocorrendo de forma itinerante as sextas-feiras (exceto feriados) e mediante apresentação do termo de autorização para aplicação da vacina assinado pelo responsável. As ações da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 foram desenvolvidas em 34 unidades do ensino fundamental, no período de março de 2022 a março de 2023. Respectivamente 2.940 doses aplicadas em 2022 em 24 estabelecimentos de ensino e 406 doses em 2023 nas 08 unidades de ensino. Dos imunobiológicos administrados: 232 doses de Coronavac, 1.098 doses de Pfizer 12+, 24 doses de Pfizer Baby, 1.882 Pfizer Pediátrica, 28 doses de Janssen e 82 doses de Astrazenica. Foram vacinados estudantes com faixa etária superior a 1 anos de idade. A campanha continua em 2023 para alcançar outras instituições de ensino não contempladas desde o início da campanha e oferecer novas oportunidades para aqueles que ainda não foram vacinados nas escolas onde ocorreram as ações. Considerações Finais: Foi possível aumentar a barreira imunológica, diminuir a circulação do coronavírus, mas também impede a replicação descontrolada do vírus, impedindo o surgimento de novas variantes. A vacinação nas escolas é uma importante estratégia para ampliação da cobertura vacinal, facilitando ainda mais o acesso das crianças e adolescentes.

Em Imperatriz a vacinação contra a Covid 19 é realizada em vários pontos e tem sido realizado campanhas aos sábados e em dias estratégicos nos shoppings da cidade, como estratégia de ampliar a cobertura da Vacina Covid-19 em crianças e adolescentes, no entanto a adesão a vacina Covid – 19 ainda é baixa. Diante de tal desafio, a Secretaria de Saúde do Município de Imperatriz/MA em conjunto com a Secretaria de Educação, visando ampliar a imunização de crianças e jovens matriculados na rede de ensino municipal, em março de 2022, iniciou o esquema vacinal deste público específico, apesar de que estudos apontavam o predomínio das formas clínicas mais leves e assintomáticas entre a faixa etária alvo.

Como estratégia de ampliação da cobertura vacinal no público infantil a Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretária Municipal de Educação iniciou em março de 2022 a campanha de vacinação contra Covid-19 nas escolas da rede municipal. Em fevereiro de 2022 foi a realizado uma reunião entre a Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Saúde do município de Imperatriz para programar a Campanha de Vacinação contra a Covid-19, dos alunos da rede municipal de ensino. A vacinação é realizada de forma itinerante as sextas-feiras (exceto feriados) e acontece mediante apresentação do termo de autorização para aplicação da vacina assinado pelo responsável. Na oportunidade os servidores e os responsáveis pelas crianças também são vacinados. Foram utilizados para a realização da referida campanha os imunizantes Coronavac, Pfizer 12+, Pfizer Baby, Pfizer Pediátrica, Janssen e Astrazenica. As doses de imunobiológicos administradas foram registradas, conforme recomendação do Ministério da Saúde, no programa SI-PNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações). As ações da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 foram desenvolvidas em 34 unidades do ensino fundamental, no período de março de 2022 a março de 2023. Respectivamente 2.940 doses aplicadas em 2022 em 24 estabelecimentos de ensino e 406 doses em 2023 nas 08 unidades de ensino. Dos imunobiológicos administrados: 232 doses de Coronavac, 1.098 doses de Pfizer 12+, 24 doses de Pfizer Baby, 1.882 Pfizer Pediátrica, 28 doses de Janssen e 82 doses de Astrazenica. Foram vacinados estudantes com faixa etária superior a 1 anos de idade. A campanha continuará em 2023 para alcançar outras instituições de ensino não contempladas desde o início da campanha e oferecer novas oportunidades para aqueles que ainda não foram vacinados nas escolas onde ocorreram as ações.

Vacinando, é possível aumentar a barreira imunológica, diminuir a circulação do coronavírus, o que não só aumenta a proteção dos mais vulneráveis, mas também impede a replicação descontrolada do vírus, impedindo o surgimento de novas variantes. Reforça-se a importância da vacinação de todas as crianças e adolescentes elegíveis para fornecer proteção individual, diminuindo a circulação da doença. A vacinação nas escolas é uma importante estratégia para ampliação da cobertura vacinal, facilitando ainda mais o acesso das crianças e adolescentes, sendo esta uma grande aliada no alcance das metas de vacinação.

Principal

Sormanne Branco Oliveira

Coautores

Keith Suelen de Moura Lopes, Maira da Silva Santos, Ariana Ferreira Cavalcante

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Saúde com o agente : uma formação sem ponto final.
Paraíba
Práticas
Educação e promoção de saúde às gestantes de um município no sertão paraibano
Paraíba
Práticas
Café terapêutico: um espaço de reflexão sobre saúde mental para os servidores de Umbuzeiro Paraíba
Paraíba
Práticas
No caminho da formação: o olhar sensível para intervenção no cenário do Consultório na Rua
Paraíba
Práticas
Programa saúde rural – promovendo ações e serviços de saúde para populações de áreas rurais
Paraíba
Práticas
Em boas mãos: valorização dos profissionais de saúde e os impactos na proatividade em Queimadas – PB
Paraíba