Olá,

Visitante

Vacina Sim! Rotina em Dia em Meio À Pandemia, Atuação da Enfermagem, um Relato de Experiência

Categoria não especificada

Um dos maiores desafios da Saúde Pública em todo país é a carga crescente de doenças evitáveis. Assim, o presente relato de experiência visa descrever as ações executadas no Município de Rafael Jambeiro pelos profissionais de enfermagem acerca da importância da vacinação de rotina em meio ao período pandêmico, para evitar o aparecimento ou a volta de doenças que são imunopreveníveis. Rafael Jambeiro tem uma faixa territorial extensa, possuímos nove UNIDADES DE SAÚDE e uma UNIDADE BÁSICA, para atender a população, temos uma população flutuante grande em algumas localidades. Diante do exposto fez-se necessário a abordagem da equipe de enfermagem frente a população para aumentamos a nossa cobertura vacinal diante das dificuldades existenciais. Essa experiência proporciona a equipe de enfermagem, um contato mais intensivo com os usuários. Como eixo principal batemos na tecla da restauração de serviço e campanhas de vacinação para que voltássemos a realizar com segurança programas de vacinação de rotina durante a pandemia de COVID-19, a equipe de enfermagem foi essencial juntamente com os agentes comunitários na comunicação ativamente com os cuidadores para explicar a importância das vacinas. Diante do exposto realizamos esse estudo descritivo, pela Coordenação de Departamento de Imunização no Município de Rafael, com o tema “VACINA SIM! Rotina em dia em meio à Pandemia, atuação da enfermagem: um relato de experiência”. Como resultado, além do retorno dado pelas UNIDADES DE SAÚDE, a equipe de enfermagem se articulou com Agentes de Saúde para criar estratégias para passar aos responsáveis à importância da vacinação de rotina em dia, ainda mais em tempo pandêmico. Retificamos as lacunas na cobertura de vacinação, incluindo a identificação de comunidades e pessoas que não foram detectadas durante a pandemia. A promoção de ações associadas a ações educativas de cada mês, fez com que a busca ativa fosse mais intensar, conseguimos realizar observação das cadernetas de vacina, promovendo vacinação no mesmo momento. Assim, garantindo que a administração da vacina contra a COVID-19 não fosse prejudicada, mais a vacinação de rotina fosse realizada.

Precisamos frente aos problemas debater mais, temos situações que precisam ser vistas e melhoradas, a mudança do sistema de informação do SI-PNI, que era um sistema robusto com capacidade de englobar todas as informações de imunização, desde a vacinação ao evento adverso. Mudou para o e-SUS que é um sistema, com muitas fragilidades, a falta de informatização em algumas salas de vacina, compromete nossos indicadores, o sinal de internet é muito ruim em algumas localidades e a equipe não consegue digitar em tempo hábil aquela vacina, falta de um computador melhor para essa sala de vacina. É necessário que o gestor e o Ministérios da Saúde vejam os problemas caracterizados para que assim possamos frente a esses desafios firmar com a equipe propostas para melhoria dos dados.

Restauração de serviços e campanhas de vacinação para que nossos possam realizar com segurança programas de vacinação de rotina durante o período pandêmico; • Ajuda aos profissionais de saúde e líderes comunitários a se comunicarem ativamente com os cuidadores para explicar a importância das vacinas; • Retificação das lacunas na cobertura de vacinação, incluindo a identificação de comunidades e pessoas que não foram detectadas durante a pandemia; • Implementação de planos de país para prevenir e responder a surtos de doenças preveníeis por vacinas e fortalecer os sistemas de imunização como parte dos esforços de recuperação da COVID-19. • Realização de busca ativa, para paciente que não vai à Unidade De Saúde; • Intensificar capacitação para a equipe de enfermagem frente ao sistema de dados, revisional dos registros lançados para confirmar seu envio; • Uso de livro e/ou cartão espelho para acompanhamento;

A equipe de enfermagem é responsável para transmitir informação à população sempre e em qualquer ambiente. A promoção da saúde, focada na cobertura vacinal, pode acontecer numa simples conversa na espera de um atendimento. Na Unidade De Saúde, há sempre a necessidade de novas estratégias que despertem o interesse da comunidade, além de fazer com que a mesma interaja de volta, o grupo de saúde da família trabalha em conjuntos em cima das estratégias estabelecidas para alcanças os resultados, observou-se que a busca ativa é o meio mais eficaz para ir atrás daquele paciente que não compare a UNIDADE DE SAÚDE onde conseguimos identificar novas maneiras de intervenção. Dessa forma, percebemos que a equipe unida consegue levar à população informações científicas de grande relevância. Essa experiência ainda auxilia pais e responsáveis a intenderem a vacinação como um direito ofertado pelo Sistema Único de Saúde. As ações exigem que a equipe cada dia mais esteja falando a mesma linguagem, é necessário adaptações e debates nas reuniões de planejamento, estimulando o senso crítico-reflexivo da equipe, contudo as ações realizadas nos torceram grandes êxitos, com é o caso da vacinação no dia de peso e altura do Bolsa Família. Ações dessa natureza auxiliam na prevenção de doenças evitáveis na população infantil, fortalecendo as diretrizes SUS, contribuindo com a diminuição da morbimortalidade infantil.

Principal

JAMILE DE OLIVEIRA SILVA

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos