Olá,

Visitante

Vacimóvel: Exemplo de Equidade e Universalidade do Sus para Aumento de Cobertura Vacinal

Categoria não especificada

São José dos Campos, município do estado de São Paulo, possui 45 salas de vacina na rede pública, informatizadas, com câmaras de conservação de vacinas e planos de contingência. A Vigilância Epidemiológica do município coordena as ações de vacinação, e é responsável por capacitações, atualizações dos profissionais de saúde, cálculo de cobertura vacinal e elabora, desde 2020, planos anuais de estratégias para aumento da cobertura vacinal. Alguns motivos da baixa cobertura vacinal levantados na “Pesquisa de Coberturas Vacinais e seus Determinantes” são os mesmos identificados no município: falta de confiança na vacina por parte da população, a crença de que a vacina não é mais necessária, preocupação com efeitos colaterais, a percepção de que a indústria farmacêutica cria a necessidade de se vacinar por dinheiro e a diminuição na busca ativa de faltosos, fatores estes que se acentuaram na pandemia. Entre as estratégias para aumentar a cobertura vacinal, e que deve ser utilizado por todas as esferas de governo, é o esclarecimento contínuo da população sobre os benefícios da vacinação e o combate as notícias falsas por meio de campanhas em massa, de forma permanente. Outra estratégia seria a realização de busca ativa de maneira informatizada, das crianças residentes no município que não receberam a vacina. Os bairros onde houvesse maior número de não vacinados receberiam visita de um Vacimóvel, carro equipado como uma sala de vacina, e uma equipe de vacinadores, cujo intuito seria atingir as pessoas que, pela dificuldade de acesso e horário estão com as doses em atraso. O Vacimóvel pode transportar também pequenas câmaras portáteis para conservação e transporte de vacinas que poderiam ser utilizadas para os vacinadores irem até as casas das pessoas, caso haja algum impedimento para ida até onde estaria estacionado o Vacimóvel. Se for o caso de hesitação ou falsas crenças por parte dos pais, a equipe poderia realizar uma abordagem esclarecedora sobre os aspectos que envolvem a vacina (efeitos colaterais, necessidade de vacinas e doenças que estão sob controle, mas podem voltar a aparecer). O Vacimóvel é uma estratégia para contemplar as pessoas que desejam vacinar seus filhos, mas que devido o horário de funcionamento das Unidades Básicas de Saúde apresentam dificuldade de acesso, ou que hesitam, mas podem ser sensibilizadas. Esta ação estratégica cumpre os princípios preconizados pelo SUS da universalidade e da equidade.

Diante dos resultados da pesquisa, os que mais refletem os motivos da baixa cobertura vacinal no município é a preocupação com os efeitos colaterais das vacinas, aliada com a baixa percepção de risco para as doenças que não são comuns atualmente. Isso é facilmente verificado quando morre alguém de alguma doença imunoprevenível: há um aumento da busca pela vacina, porque o perigo é real, próximo. No caso da vacina contra o covid-19, a busca foi muito acentuada no início das campanhas pelo cenário da época e hoje, como há uma melhora da situação epidemiológica da doença, a procura diminuiu drasticamente, principalmente nas crianças, último grupo a receber a dose primária da vacina. Ainda no contexto da pandemia, devido a notícias falsas em relação a determinadas vacinas, houve quem, mesmo diante do perigo iminente, se recusasse a receber determinado imunobiológico pelo risco de efeitos colaterais. Outros pontos importantes destacados na pesquisa foram a percepção de que a indústria farmacêutica inventa a necessidade de vacinar para ganhar dinheiro e que as vacinas novas apresentam maior risco do que as antigas. No caso das vacinas contra o covid-19, esses argumentos foram usados pela rápida produção das vacinas para conter a pandemia. Todos esses fatores podem ser atribuídos a notícias falsas disseminadas pelo país3. No caso do HPV, o que foi determinante para a diminuição da adesão a vacina foi a divulgação de efeitos colaterais em algumas adolescentes, depois não confirmados. A diminuição da busca ativa de faltosos também é um problema identificado em decorrência da pandemia e os períodos de quarentena, grande volume de vacinas a serem aplicadas pela campanha de vacinas de covid-19 com doses de reforço e outras campanhas que ocorreram no período.

Um exemplo de estratégia para aumentar a cobertura vacinal, que deve ser conjunta com o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde, é no sentido de esclarecimento contínuo da população sobre a realidade dos efeitos colaterais da vacina, a existência de doenças que ainda são motivo de preocupação, informações corretas desacreditando as notícias falsas. Esse esclarecimento deve ser por campanhas em massa de forma permanente. Outra estratégia seria a possibilidade de se realizar busca ativa de maneira informatizada, cruzando o banco de dados de Nascidos Vivos, Mortalidade e banco de registros de vacina próprios e do SIPNI, e assim identificar dentre as crianças residentes no município as que não receberam alguma vacina. Os bairros onde houvesse maior número de não vacinados receberiam visita de um Vacimóvel. O Vacimóvel conta com um carro equipado com câmara de conservação de vacinas, maca para colocar bebês, armários para guardar insumos, gerador de energia, wi-fi e uma equipe de vacinadores para atingir as pessoas que, pela dificuldade de acesso e horário estão com as doses em atraso. O Vacimóvel pode transportar também pequenas câmaras portáteis para conservação e transporte de vacinas que poderiam ser utilizadas para vacinadores irem até as casas das pessoas, caso haja algum impedimento para ida até onde estaria estacionado o Vacimóvel. Se for o caso de hesitação ou falsas crenças por parte dos pais, a equipe poderia realizar uma abordagem esclarecedora sobre os aspectos que envolvem a vacina (efeitos colaterais, necessidade de vacinas e doenças que estão sob controle, mas podem voltar a aparecer). O princípio da equidade norteia as políticas públicas brasileiras e busca reduzir o impacto das diferenças das condições de vida e trabalho entre as diversas camadas da sociedade, para que todos- princípio da universalidade- tenham igualmente o direito à saúde.

O alcance de adequadas coberturas vacinais contra doenças é um dos grandes desafios da saúde no Brasil e no mundo. O Vacimóvel pode ser um plano para contemplar as pessoas que desejam vacinar seus filhos, mas que devido o horário de funcionamento das Unidades Básicas de Saúde apresentam dificuldade de acesso, ou que hesitam, mas podem ser sensibilizadas. Esta ação estratégica cumpre os princípios preconizados pelo SUS da universalidade e equidade.

Principal

TEREZA MONTEIRO RIBEIRO CARDOZO

Coautores

Mariana Keesen de Souza Lima , Margarete Carlos da Silva Correia

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Teste do Certificado
Minas Gerais
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba