Olá,

Visitante

Uso de Rede Social na Intervenção Fisioterapêutica de Pacientes Neuropediátricos Durante a Pandemia

Durante a pandemia do covid-19 muitos pacientes com patologias neurológicas ou que afetam o neurodesenvolvimento ficaram sem poder realizar o tratamento fisioterapêutico de forma presencial por causa das restrições de contato social, uma vez que, o distanciamento social foi uma das estratégias de combate à transmissão do covid-19. Por esse motivo, muitas crianças que estavam ou que iriam iniciar o tratamento tiveram prejuízos ou regrediram em suas evoluções terapêuticas no que diz respeito ao aspecto sensório-motor. O setor especializado em Fisioterapia Pediátrica do Município de Queimadas-PB, na tentativa de minimizar os prejuízos gerados pela pandemia no tratamento fisioterapêutico, decidiu utilizar a rede social Whatsapp como ferramenta e estratégia de tratamento desses pacientes acompanhados pela Fisioterapia. Esse acompanhamento durou 05 meses, no qual era estabelecido o horário de teleatendimento por vídeo-chamada com o responsável da criança (geralmente a mãe), seguindo a lógica de atendimentos presenciais no que diz respeito ao tempo de sessão (20 a 30 minutos de videochamada) realizada uma ou duas vezes por semana dependendo do grau de severidade da patologia da criança. Esse acompanhamento permitia a orientação, instrução e correção de atividades e exercícios terapêuticos a serem executados com as crianças em contexto domiciliar pelos responsáveis, a partir da conduta orientada pela Fisioterapeuta do setor especializado em Fisioterapia Pediátrica do Município.

Promover a manutenção da intervenção fisioterapêutica em crianças com patologias neurológicas e/ou do neurodesenvolvimento a partir do uso da vídeo-chamada como ferramenta digital, permitindo orientações e direcionamentos de condutas fisioterapêuticas no contexto da pandemia da covid-19 durante condições de isolamento social.

Ampliar a prática de telessaúde em diversas áreas da saúde como ferramenta de quebra de barreiras impostas por condições de saúde, ambientais e/ou sociais na sociedade. Realizar capacitações acerca do uso de ferramentas digitais na prática de saúde preventiva, de promoção e reabilitação a nível municipal. No que diz respeito a prática, a ferramenta digital mostrou-se grande aliada ao desenvolvimento de terapias antes realizadas em contexto presencial pois foi possível desempenhar um papel fundamental da Fisioterapia na intervenção de crianças com distúrbios neurológicos e/ou do neurodesenvolvimento inserido no cenário de isolamento social imposta pela pandemia de covid-19.

Principal

Arthur Cellys Tavares da Silva

arthurcellys@gmail.com

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Instituição

Av. Odilon Almeida Barreto

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Arthur Cellys Tavares da Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Coração Forte: realização de exames de holter 24h (eletrocardiograma dinâmico), medição ambulatorial da pressão arterial em 24 (mapa 24h), eletrocardiograma de esforço (teste ergométrico), eletrocardiograma de repouso e ecocardiograma transtorácico no município de Belém do Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba.
Paraíba
Práticas
SOS CORAÇÃO
Rio de Janeiro
Práticas
Triagem Multidisciplinar de TEA em Petrópolis: uma parceria necessária e significativa.
Rio de Janeiro
Práticas
Assistência de média complexidade em município de pequeno porte: experiência de Mendes (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Experiencia de Barra do Piraí no suporte as enfermidades cardiovasculares no leito de cuidados prolongados na rede de urgência e emergência do Médio Paraíba.
Rio de Janeiro
Práticas
O trabalho do assistente social no âmbito hospitalar: acolhimento e garantia de direitos.
Rio de Janeiro
Práticas
Indicadores de excelência do HMSJ em doação de órgãos para transplante
Santa Catarina
Práticas
Assistência Domiciliar Aos Pacientes do Serviço de Atenção Especializada em Ist/Aids do Município de Vila Velha-Es
Espírito Santo
Práticas
Saúde Prisional e Equipe de Saúde: Serviços Multidisciplinares na Cadeia Pública de Itabaiana – Pb
Paraíba
1 / 512345