Olá,

Visitante

Um toque para a vida

o grupo “um toque para a vida”, faz parte da oficina de massagem e automassagem das Práticas Integrativas Complementares (PICS), ofertadas pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), através da educadora Física do Núcleo e funciona há apenas seis meses mais com resultados excelentes. A ideia de implantar esse grupo surgiu a partir de um grupo já existente no município denominado “Caminhando Juntas”, composto por mulheres depressivas e em situação de violência doméstica, comandado pelo psicólogo do NASF, que utiliza oficinas de artes para terapia em grupo. Nos 30 minutos finais de atividades, a educadora física realiza a oficina de massagem e automassagem das PIC’s. A implantação das PICS aumentou muito a adesão dos grupos que passaram a ter um resultado mais eficaz e efetivo, com melhora da qualidade de vida e diminuição da prática excessiva medicamentosa. as PICS de massagem e automassagem foram introduzidas em vários grupos do NASF, como os grupos de ginástica e saúde mental.

Utilizar as massagens e automassagens das PICS no cuidado em saúde, com a finalidade de manter ou restabelecer a saúde, por meio da promoção do equilíbrio da circulação de sangue e de energia por todas as partes do corpo, promovendo relaxamento, qual São identificados nos grupos existentes os pacientes prioritários para receber as PICS, e após as atividades são realizadas as massagens e automassagens, durante 30 minutos, com músicas relaxantes. Alguns pacientes também são encaminhados através da equipe das equipes de AB e formados novos grupos.

Os resultados alcançados são visíveis e incríveis. Através de um questionário de satisfação sobre os resultados obtidos, 95% dos pacientes relataram melhoras significativas nas dores corporais, melhora da saúde mental com diminuição da ansiedade e depressão, e harmonia no relacionamento familiar.Diante das atividades e avaliações realizadas, concluímos que as Práticas Integrativas Complementares (PICS) – massagem e automassagem, são práticas inovadoras no nosso município e que vem agradando muito os usuários, pois os efeitos e resultados positivos são visíveis e praticamente imediatos. A inserção das PICs na rede de atenção à saúde foi inserida como ferramenta de cuidado, e uma opção de tratamento ou forma complementar, respeitando as particularidades de cada caso.

Principal

Adriana Aparecida Costa Lopes

dri.costalopes@gmail.com

A prática foi aplicada em

Divinésia

Minas Gerais

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua Padre Henrique Silvino Alves, Centro - Senador Firmino - Mg, Cep: 36540-000

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Marilea Alves Valente

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

27 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal