Olá,

Visitante

Ultilização de Estrátegias Combinadas para o Alcance de Cobertura Vacinal no Municipio de Poço Verde-Se

Categoria não especificada

Este trabalho tem como objetivo demonstrar as estratégias de vacinação adotadas pelo município de Poço Verde- SE, para fortalecer as ações de imunização, tendo em vista o cenário de baixas coberturas vacinais. O município de Poço Verde elaborou um plano de vacinação pautando ações que visam aumentar a cobertura vacinal, por meio de estratégias combinadas envolvendo extensão do horário de funcionamento da sala de vacina, monitoramento da cobertura vacinal e realização da busca ativa de usuários faltosos por meio do Mural Vacina Garantida e avaliação dos registros dos sistemas de informações, ações de educação permanente para o profissionais com as temáticas “Fortalecendo o conhecimento dos Agentes Comunitários de Saúde sobre o Calendário Vacinal” e “Realização do registro adequado da vacinação no cartão de vacinal do usuário e nos sistemas de informação”,

São vários os fatores que justificam a diminuição da cobertura vacinal, baseado na análise feita no município de Poço Verde/SE. Entre os fatores que influenciam na cobertura vacinal está a fragilidade de conhecimento dos Agentes Comunitários de Saúde relacionados as vacinas, tanto na interpretação dos cartões de vacina o que inviabiliza uma busca efetiva dos faltosos, como também na capacidade em esclarecer dúvidas, crenças, mitos, tabus e preconceitos sobre as vacinas. Outro aspecto importante que tem forte influência nos dados da vacinação do município é a divergência dos dados cadastrais no E-SUS, causando duplicidade nos cadastros, perda de dados, subregistro, erro de digitação, interferindo diretamente nos registros das vacinas. O deficiente monitoramento das rotinas de vacinação, traduzindo-se na falta de implementação das ações de busca ativa de faltosos também é um fator de grande influencia nas coberturas vacinais do município. Desconhecimento e desconsideração das recomendações técnicas por parte dos profissionais influenciando na viabilidade de aplicação simultânea de algumas vacinas, contribuindo para o aumento da taxa de abandono de vacinas por perder oportunidade da vacinação por falsas contraindicações ou por aprazamento de doses. Além disso, foi possível observar a dificuldade de acesso às vacinas, por parte de alguns usuários, estando associado a horários e dias restritos de funcionamento.

A melhoria de toda e qualquer assistência de saúde passa pelo reconhecimento de seus problemas e pelo exercício de encontrar caminhos para a diminuição ou eliminação destes. Nesse sentido, a avaliação e o monitoramento permitem a identificação de problemas e a reorientação de ações e serviços desenvolvidos, visando avaliar a incorporação de novas práticas na rotina dos profissionais e mensurar o impacto das ações implementadas pelos serviços e programas sobre o estado de saúde da população. Nesse sentido, o município de Poço Verde elaborou um plano de vacinação pautando ações que visam aumentar a cobertura vacinal, por meio de estratégias combinadas: • Extensão do horário de funcionamento da sala de vacina; • Intensificação de informações sobre vacinas nas mídias sociais; • Monitoramento da cobertura vacinal e realização da busca ativa de usuários faltosos por meio do Mural Vacina Garantida; • Avaliação e Monitoramento dos registros nos sistemas de informações do ESUS-PEC e PNI. • Educação permanente para os profissionais com as temáticas “Fortalecendo o conhecimento dos Agentes Comunitários de Saúde sobre o Calendário Vacinal”, “Registro adequado da vacinação no cartão de vacina do usuário e nos Sistemas de Informação”, “Atualização em vacinas para os profissionais de enfermagem”.

A estratégias utilizadas pelo município se mostraram efetivas para fortalecer as ações de imunização e melhorar as coberturas vacinais no município. A extensão do horário de funcionamento da sala de vacina facilitou o acesso da vacina para pessoas que trabalham e possuem pouca disponibilidade de horários. Intensificar as informações sobre vacinas nas mídias sociais, esclarece dúvidas, crenças, mitos, tabus e preconceitos sobre as vacinas, como também diminui a crenças em Fake News por parte da população. Utilizar de novas estratégias para monitoramento da cobertura vacinal, como o Mural Vacina Garantida e a avaliação mensal dos sistemas de informação, permite uma maior visualização das crianças com vacinas em atraso, facilitando assim o processo de busca ativa dessas crianças. A Educação permanente para os profissionais de enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde, concede uma assistência de maior qualidade e eficácia, favorecendo melhores registros vacinais, busca ativa qualificada e alcance das coberturas. Tal estudo permitiu perceber a efetividade das estratégias desenvolvidas pelo município para alcance das coberturas vacinais, motivando a inovação e o empenho das ações.

Principal

Paloma Rodrigues da Silva

Coautores

Grace Kelly Alves Santana

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro