Olá,

Visitante

Redução de Mortalidade Infantil Indigena Com Intensificação de Imunização do Município de Douradina

Categoria não especificada

O município de Douradina é o menor em espaço territorial do Estado de Mato grosso do sul. não possui hospital, possui uma aldeia indígena com 1.200 indígenas. A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças, no Brasil o responsável pela distribuição de vacina é o do ministério da saúde, a responsabilidade da vacinação na aldeia indígena fica toda a cargo do município. Uma das maiores dificuldade enfrentada na sala de vacinação era a perca da carteirinha devido ao armazenamento nas residências, onde muitas vezes chovia, perdia etc. a solução encontrada é que os agentes comunitários de saúde armazenam todas em uma sala e no dia da vacinação é entregue ao familiar, e se paciente precisa ir a consulta ele retira a carteirinha e voltando ele devolve ao agente de saúde. Outra dificuldade encontrada é a demora nos registros de vacina pelo fato do registro ser feito manualmente e posteriormente ir para o sistema, pois a sala têm somente um vacinador. Percebemos que ela dá prioridade, claro, a vacinar e atender a população e mantém aquele registro em livro de ata para depois passar para o Sistema de Informação. Realmente, ou você atende a população e vacina todo mundo, ou você atende pouco e registra a vacina, Quanto mais pessoas de uma comunidade ficarem protegidas, menor é a chance de qualquer uma delas, vacinada não ficar doente.

Promoção da saúde, Redes de atenção a saúde, Cobertura Vacinal, Direito a Vacina, Redução de doenças e Melhoria do indicador epidemiológico.

Sanar a dificuldade na cobertura vacinal, onde foi instalado em varias mídias uma corrente de fakenews sobre vacinas, iniciamos uma campanha no ano de 2020,2021, 22 onde convocamos todos os servidores da saúde para realizar a feira da vacinação, como também a cada 15 dias no período matutino a vacinadora com os agentes de saúde se deslocam para aldeia, e uma vez no mês a vacinadora participa do encontro das gestantes levando a vacina nos encontros. Com essas estratégias melhoramos indicadores do município. foi realizada uma grande mobilização social e institucional para enfrentamento deste desafio em saúde pública, bem como rearticular as práticas da rede de atenção à saúde no que se refere à imunização, sem essas mudanças assistenciais e organizacionais dos serviços de atenção à saúde não seria possível sem a equipe da vigilância em saúde.

É necessário que o Brasil aumente as coberturas vacinais, para evitar a reintrodução desse vírus que já foram erradicados, é necessário também uma educação permanente da população Manter a vacinação em dia é um dever de todos e direito de todo cidadão.

Principal

ANGELA CRISTINA MARQUES ROSA

Coautores

ANDRIELA SOARES ALBUQUERQUE, DANIELE CAROLINE CARVALHO

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Abordagem multiprofissional a usuários em processo de reabilitação física em Queimadas – PB
Paraíba
Práticas
Grupo de trabalho Proteja: estratégias de combate à obesidade infantil no município de Alagoinhas – PB
Paraíba
Práticas
Expansão do teste do pezinho no município de Umbuzeiro – PB : garantindo triagem neonatal nas comunidades rurais.
Paraíba
Práticas
Odontologia de mínima intervenção e Programa Saúde na Escola: a saúde bucal além do consultório
Paraíba
Práticas
Saúde com o agente : uma formação sem ponto final.
Paraíba