Olá,

Visitante

Terapia Comunitária Integrativa – uma Estratégia de Cuidado À Saúde do Trabalhador em Universidade Pública

Com vistas a prevenção em Saúde Mental, utilizou-se a Terapia Comunitária Integrativa (TCI) com trabalhadores de Universidade pública do extremo-sul baiano, desenvolvendo-se um projeto de extensão para criação de um espaço de cuidado adaptável ao contexto comunitário das universidades, produtor de saúde através de partilhas solidárias. Realizou-se então, no período de agosto/ 2018 a julho/ 2020, um planejamento de rodas quinzenais de TCI com trabalhadores concursados, contratados e terceirizados da UNEB Campus XVIII, no município de Eunápolis- Bahia, perfazendo o total de 20 rodas e 56 participantes. As rodas de TCI eram coordenadas por uma terapeuta comunitária (psicóloga), com a participação de três alunas monitoras de extensão nas ações do projeto. Os setores eram avisados com antecedência para planejamento e liberação dos colaboradores, que receberam convites individuais para as rodas, além da divulgação à comunidade interna, para participação espontânea.

O adoecimento emocional e psicossomático de trabalhadores de Universidades públicas tem sido pauta de estudos atuais. Oliveira et al. (2017) e Arbex, Souza e Mendonça (2013), apontaram que as tensões e precarizações do trabalho são causa de alterações emocionais e mentais neste âmbito. Perda de vitalidade, desgaste mental, frustração e angústia, depressão, dentre outros, podem culminar em adoecimento psicossomático, sendo deste modo, relevante desenvolver estratégias de cuidado à saúde mental, para melhorias na Qualidade de Vida do trabalhador.

Para reaplicação da prática recomenda-se entrar em contato com a coordenação do projeto -Profa. M.a. Marilia Martins de Araújo Reis, UNEB Campus XVIII, através do telefone (73) 98834-0696, ou e-mails mariliaamarilis@hotmail.com ou mmareis@uneb.br. O projeto encontra-se cadastrado no SIP da Universidade Estadual da Bahia sob o nome DCHTXVIII-212019 Estratégias de cuidado à saúde do trabalhador: a Terapia Comunitária Integrativa, elementos culturais e outras ferramentas de prevenção em saúde mental e melhoria do clima organizacional.

Principal

Marília Martins de Araujo Reis

mariliaamarilis@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Eunápolis

Bahia

Nordeste

Instituição

Alameda WX, 59 ANTARES

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Marília Martins de Araujo Reis

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR NA REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE QUEIMADAS-PB
Paraíba
Práticas
A terapia comunitária integrativa como inclusão e bem-estar na terceira idade.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Centro de Referência em MTC e Práticas Integrativas no Município de Duque de Caxias
Rio de Janeiro
Práticas
Planejamento orientativo do CTA/SAE Juara – MT, sobre protocolo de PEP às farmácias do Vale do Arinos.
Mato Grosso
Práticas
A Ozonioterapia no tratamento de dores crônicas
Rio de Janeiro
Práticas
Práticas integrativas e complementares no cuidado aos trabalhadores de saúde mental de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto quilombos: o cuidado realizando práticas integrativas e complementares em quilombolas da Amazônia
Pará