Olá,

Visitante

Tabuleiro Educativo do Fiscal Mirim: instrumento de sensibilização do campo de atuação da vigilância sanitária municipal

Um dos principais mecanismos de mudar a realidade cotidiana de uma sociedade é através da educação em saúde. Esse processo tem maior destaque quando utiliza-se essa estratégia com crianças e adolescentes. Uma das maneiras de promover a educação em saúde é por meio de jogos educativos. Nesse sentido, buscou-se relatar uma ação executada no município que visou sensibilização de estudantes do ensino fundamental sobre o campo de atuação da vigilância sanitária municipal, através da elaboração e distribuição de um jogo de tabuleiro educativo em escolas municipais.

Elaborar e divulgar um jogo de tabuleiro educativo como estratégia de sensibilização da população sobre o campo de atuação da vigilância sanitária municipal. Elaborou-se um jogo de tabuleiro educativo contendo os principais pontos de atuação da vigilância sanitária no município. o jogo foi implantado, em 2017, em três escolas municipais, localizada em bairros diferentes, envolvendo 268 alunos. em cada escola selecionou-se turmas a partir do 2 ano letivo do ensino fundamental. em seguida, a equipe de vigilância apresentou uma palestra sobre a atuação do setor, sensibilizando as crianças a se tornarem fiscais sanitários mirins para identificarem aspectos sanitários falhos da sociedade e denunciarem a situação na vigilância sanitária. Após o término da apresentação, entregou-se o jogo para cada criança explicando como jogá-lo. Após a ação comparou-se o número de denúncia recebidas em 2017 e 2018.

Ao comparar o número de total de denúncias recebidas e atendidas durante o período antes e após implantação do jogo observou-se aumento de 18,3 % do número recebido entre 2017 (29 denúncias recebidas/atendidas) e 2018 (42 denúncias recebidas/atendidas). as denúncias em 2018 distribuíram-se em todo território municipal e tiveram como principal motivo a criação de animas (16/42), seguida por acumuladores de lixo (9/42), infestação de vetores e animais peçonhentos (8/42), produtos vencidos sendo comercializado (3/42) e abate clandestino (2/42).o uso do tabuleiro educativo serve como estratégia educacional em saúde sobre vigilância sanitária na sensibilização de crianças e adolescente nas escolas. E com isso tornou-se uma experiência exitosa por ter favorecido o aumento do número de caso de denúncias.

Principal

Elane Rafaella Cordeiro Nunes Serafim

elane.rafaella@gmail.com

Coautores

Paulo Marques

A prática foi aplicada em

Cupira

Pernambuco

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Rua 15 De Novembro, 105, Gloria, Cupira

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Paulo Marques

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

22 maio 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal