Olá,

Visitante

Sistematização da Rotina das Salas de Vacina no Município de Quissamã/Rj

O município de Quissamã está localizado no norte do estado do Rio de Janeiro e possui uma população estimada de 25.535 habitantes (IBGE, 2021). A atenção primária em saúde (APS) é constituída por: 10 unidades de saúde com consultórios odontológicos sob a responsabilidade de 09 equipes de saúde da família (eSF), com cobertura de 95,93% da população em janeiro de 2022. A rede municipal de saúde há anos vem desenvolvendo diversas estratégias de integração e qualificação do cuidado em saúde (Barros et al, 2020). A partir de 2021, a Coordenação da Estratégia Saúde da Família (ESF) e Quissamã/RJ estabeleceu estratégias para o aprimoramento do processo de trabalho com vistas a atingir os indicadores e, por conseguinte, qualificar o cuidado em saúde valorizando o acolhimento, o vínculo, a responsabilização e a escuta empática. Para isto, foram priorizadas algumas estratégias, entre elas: educação permanente da equipe, informatização das Unidades de Saúde da Família, monitoramento e avaliação mensal dos indicadores estabelecidos. Diante da necessidade de melhorarmos as ações de imunização no município, todas as enfermeiras das eSF participaram do curso “Fortalecimento das Ações de Imunizações nos Territórios Municipais”, projeto fruto de uma parceria entre CONASEMS, Ministério da Saúde e Faculdade São Leopoldo Mandic. As enfermeiras das eSF tiveram liberação de carga horária para participar do curso realizado no período de abril a dezembro de 2021, todas com conclusão e certificação. O município pactuou entre a Coordenação da ESF e as enfermeiras a elaboração e apresentação de projetos de intervenção afim de melhorar as ações de imunização. Dentre alguns projetos, foi proposto os seguintes instrumentos: relatório mensal de crianças com atraso vacinal

Problema Central:Sistematização da rotina das salas de vacina nas Unidades de Saúde da Família, para minimizar o risco de eventos adversos, erros de imunização e melhorar as coberturas vacinais no município. Problemas específicos:1. Organização do processo de trabalho nas salas de vacina das Unidades de Saúde da Família, com vistas a fortalecer as ações em imunizações, garantindo acesso dos usuários aos serviços de saúde com atendimento qualificado

Com a instituição do processo de avaliação e vigilância do processo de imunização foram organizadas ações para enfrentamento dos nós críticos para melhorar o planejamento do trabalho nas eSF. O trabalho em equipe foi fundamental e o compartilhamento de responsabilidades entre a Coordenação da ESF e as equipes foi um fator de sucesso para o desenvolvimento de um trabalho que busca garantir o acesso dos usuários com atendimento qualificado. Sendo assim um processo contínuo que requer permanente avaliações no trabalho em saúde.

Principal

Vivian Albuquerque Abreu dos Santos

vivianabreu85@gmail.com

A prática foi aplicada em

Quissamã

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Rua Conde de Araruama, 425

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Vivian Albuquerque Abreu dos Santos

Conta vinculada

vivianabreu85@gmail.com

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Guia Prático para o Auxílio das Equipes de Estratégia Saúde Dafamília na Prática das Ações do Programa Saúde na Escolaem Um Município do Litoral Norte do Rio Grande do Sul
Rio Grande do Sul
Práticas
Objeto de Aprendizagem Sobre o Calendário Vacinal de Pessoas Vivendo com Hiv/Aids para Profissionais de Saúde
Rio Grande do Sul
Práticas
Telemedicina: o Telediagnóstico de Espirometria Como Estratégia de Fortalecimento da A.P.S.
Rio de Janeiro