Olá,

Visitante

Rondon Apresenta: Imunizacine em Cena: Estratégia de Fortalecimento da Vacinação

Categoria não especificada

A vacinação é reconhecida como uma prática de intervenção que previne doenças com potencial de causar morbimortalidade, considerada um grande avanço na ciência de impacto na saúde pública. Movimentos antivacinas e as fake news crescem no mundo todo, e são observados no município de Rondon. Com a queda na cobertura vacinal e o risco de doenças controladas voltarem, o município com a integração entre a vigilância em saúde e atenção básica, criou o projeto ImunizaCine.

Analisando a Pesquisa ImunizaSUS e elencando os problemas e desafios nas ações de vacinação no município de Rondon, podemos destacar: A barreira de acesso, a meta vacinal inatingível por previsões demográficas imprecisas e a hesitação ou recusa vacinal causada pela desinformação. No tocante à barreira de acesso, identificamos os limites territoriais do município uma fragilidade, uma vez que estando essa população mais próxima a sala de vacina de outros município, isso contribui pela preferência em vacinar-se nos municípios vizinhos. Quanto a meta vacinal inatingível por previsões demográficas imprecisas, destacamos que o cálculo de metas baseado no número de nascidos vivos de 2 anos anteriores, para o ano de ocorrência da vacina é um obstáculo, tendo em vista que o número de crianças residentes com idade para determinadas vacinas, pode ser menor que a meta, e sendo Rondon um município de pequeno porte uma criança impacta na cobertura vacinal. Em relação à hesitação ou recusa vacinal causada pela desinformação, o cenário encontrado no município não diverge do que vem ocorrendo no Brasil todo, sendo notável que a desinformação vem crescendo junto com a propagação das fake news e o movimento antivacina. Sendo assim o objetivo deste projeto é fortalecer a vacinação no município de Rondon com uma ação inovadora de imunização, realizada com a integração entre Vigilância em Saúde e Atenção Básica, no intuito de despertar na população uma reflexão sobre a importância da vacinação, desmistificar as fakes news, tornar a ação atrativa para comunidade, refletindo assim nos índices de vacinação.

A ação foi realizada no Distrito de Bernardelli abrangendo as comunidades rurais circunscritas, no dia 13 de abril de 2023, e para a realização do evento foi amplamente divulgado o convite para a população, através das mídias sociais, com aviso nos cultos evangélicos e missas nas capelas rurais da região, comunicado na escola rural, e nas visitas domiciliares da estratégia saúde da família. A realização do projeto “dia D” foi divida em dois momentos, vacinação e cinema, tendo início às 14 horas com a oferta de todas vacinas de do PNI (Programa Nacional de Imunização), campanha contra Influenza 2023 e campanha contra Covid-19 vacina bivalente, com a presença dos personagens Zé Gotinha e Maria Gotinha, sendo finalizada às 18 horas e seguida pela sessão de cinema iniciada às 19 horas. Todas as pessoas que procuraram atendimento e tiveram sua carteirinha de vacinação analisada e a situação vacinal regularizada, receberam um ingresso para assistir a sessão de cinema do ImunizaCine, e tickets de pipoca, cachorro quente e refrigerante. Em frente a unidade de apoio rural foi montado um espaço, preparado com tendas, cadeiras, telão, projetor caracterizando o lugar como uma sala de cinema atrativa para a comunidade. A sessão de cinema teve início às 19 horas com a apresentação do trailer sendo um vídeo do Ministério da Saúde sobre a importância da vacinação e o risco do reaparecimento de algumas doenças imunopreviníveis, seguida da sessão de cinema com a apresentação de um filme infantil que agradava toda a família, terminando por volta das 21 horas. A estratégia mostrou-se exitosa com a adesão da população que compareceu em massa, tornando o “Dia D” um sucesso, observado nos números de pessoas atendidas e vacinadas. Além da satisfação notável em toda população com a sessão do ImunizaCine, o objetivo principal foi atingido, sendo atendidas 218 pessoas e administrado 148 doses de vacinas de influenza, 12 doses de covid bivalente, 12 doses de reforço de covid, 11 doses de covid pediátrica, 14 doses de hepatite B, 02 doses de HPV, 02 doses de febre amarela, 12 doses de dT, 03 doses de tríplice viral, 01 dose de meningo C, 01 dose de pneumo 10, 01 dose de DTP, uma dose de varicela e 23 pessoas compareceram com status vacinal em dia, participando apenas do cinema.

O Projeto ImunizaCine iniciado com a 1ª sessão para as comunidades rurais mostrou-se uma estratégia exitosa para o fortalecimento da vacinação. Com a integração da vigilância em saúde e atenção básica, e de forma lúdica foi possível desmistificar falsas informações e despertar o interesse pela vacinação. O projeto será aplicado também na cidade, com sessões para o público escolar, pactuado no Programa Saúde na Escola. O seu desenvolvimento pode ser replicado em outras regiões, sugere-se o apoio de outros setores como educação, cultura, esporte e ação social, com o incentivo dos gestores uma vez que o sucesso da vacinação ultrapassa as ações de saúde, pois tem impacto nas condições econômicas, sociais, de educação, desenvolvimento, cultura, dentre outros fatores que afetam a saúde do indivíduo e coletividade.

Principal

STEPHANIE LOUISE GIBIM

Coautores

Eliane Mendes Franco Colombo, Aparecida Alves do Amaral

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro