Olá,

Visitante

Redes – Articulação Intersetorial de Políticas Sobre Drogas no Município de Rondonópolis, Mt.

O REDES – Articulação Intersetorial de Políticas sobre Drogas tem como objetivo principal realizar assessoria no desenvolvimento de metodologias de articulação intersetorial territorial para integração entre as políticas públicas de inclusão social e do exercício da cidadania das pessoas com problemas relacionados às drogas.Além disso, tem o objetivo também organizar o mapeamento dos recursos da rede e sua divulgação em parceria com a gestão local e apoiar as estratégias de sustentabilidade territorial das ações desenvolvidas. Este projeto vem sendo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ com financiamento e apoio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD/Ministério da Justiça.

Considerando a fragmentação das redes de cuidado, sobretudo no SUS e no SUAS, bem como a singularidade dos contextos locais, identificou-se a necessidade de construir intervenções articuladas entre gestão, trabalhadores, usuários e familiares.A ampliação desse horizonte de intervenções sobre os problemas relacionados às pessoas com necessidades decorrentes ao uso de drogas deve incidir, sobretudo, na ampliação do acesso da população aos diferentes serviços com provisão de atenção contínua, integral, de qualidade, responsável e humanizada, bem como incrementar o desempenho do sistema de atenção em termos de acesso e equidade.

Principal

Rhafaela Marques Monteiro Salgado

rhafa_salgado@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Mato Grosso

Centro-Oeste

Instituição

Av. Duque de Caxias, 526, Vila Aurora

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Rhafaela Marques Monteiro Salgado

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Os Desafios de Construir Caminhos para Desistitucionalização Sem a Totalidade dos Dispositivos Substitutivos Apropriados, Considerando a Cultura Manicomial dos Atores Envolvidos.
Rio de Janeiro
Práticas
de Perto Quem é Normal? Um Diálogo Coletivo e Integrado Sobre a Saúde Mental no Município de Tanhaçu-Ba: Todos em Defesa da Luta Antimanicomial!
Bahia
Práticas
Estratégias de Prevenção e Promoção da Saúde Mental dos Usuários do SUS na Atenção Básica no Município de Patos-Pb À Luz da Campanha Janeiro Branco
Paraíba
Práticas
Cuidando do Cuidador – Apoio Psicossocial Às Equipes de Saúde da Família
Bahia
Práticas
O Serviço de Atenção À Infância e Juventude: Um olhar Multidisciplinar no Cuidado em Saúde Mental ao Público Infantojuvenil
Rio de Janeiro
Práticas
A Saúde Mental Como Campo de Atuação da Terapia Comunitária Integrativa: o Fortalecimento do Acolhimento Aos Sofrimentos no Caps.
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto João de Barro (Moradia Assistida)
Rio de Janeiro
Práticas
Matriciamento Judiciário: Articulação Setorial a Serviço da Eficiência
Rio de Janeiro
Práticas
da Medicalização À Vida no Território.
Rio de Janeiro