Olá,

Visitante

Prontuário Eletrônico do Cidadão, Principais Desafios e Avanços no Municipio de Umbuzeiro- Pb

Trata-se de um relato de experiência, desenvolvido nas cinco equipes de estratégia de saúde da família do município de Umbuzeiro – PB, no período de janeiro de 2021 a janeiro de 2022. Os dados foram coletados e analisados pela coordenadora de atenção básica do município, através de relatos de profissionais, pacientes e seus respectivos familiares, informações do ESUS Feedback. Foi realizada observação direta da pratica dos profissionais de saúde e do comportamento dos cidadãos que eram acompanhados e acompanhamento da evolução dos prontuários.

O tradicional prontuário de papel, quando comparado ao prontuário eletrônico, apresenta algumas desvantagens, pois não atende por completo as necessidades dos profissionais de saúde e dos pacientes, devido à facilidade com que esses documentos são expostos a rasuras, extravios, além da falta de acessibilidade que eles apresentam na recuperação de informações, imprescindíveis para tomada e decisão. O Prontuário eletrônico do cidadão trata-se de um documento único, individual e intransferível, onde é possível registrar imagens, fatos, relatos, diagnósticos sobre a saúde do paciente e como a assistência ao mesmo foi prestada, tudo no formato digital de forma legal, sigilosa e científica, que possibilita a comunicação entre membros de uma equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo. Apesar da extensa lista de vantagens apresentada, ainda existem grandes obstáculos que impedem a difusão do PEC pelos hospitais, equipes de saúde da família e centros de saúde do país, como a necessidade de infraestrutura física e mão de obra especializada no trabalho com as tecnologias requerentes. Mesmo nos locais onde já está em prática, há a necessidade de aprimoramento constante. Dessa forma foi o trabalho abordara as equipes de ESF do município de Umbuzeiro-PB, essa avaliação foi realizada de janeiro de 2021 a janeiro 2022.

Diante do exposto, é notório que houve diminuição significativa na perca de registros e melhora nas informações. Esse mecanismo promoveu integração e interação de dados, permitir total acesso às informações produzidas, facilitou o acesso de forma rápida. O qual auxilia na tomada de decisão e fornecer um banco de dados para pesquisa. As capacitações se mostram muito efetivas para diminuir barreiras na implantação dos serviços e são suma importância para o melhor desempenho das equipes e diminuição de resistência nos serviço, garantindo dessa forma acompanhamento com continuidade, mapeamento de informações e estratificação de risco ,dos pacientes onde já é possível identificar os principais grupos de riscos.

Principal

Millena Carla da Silva Mesquita

millenamesquita11@gmail.com

A prática foi aplicada em

Umbuzeiro

Paraíba

Nordeste

Instituição

av carlos pessoa

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Millena Carla da Silva Mesquita

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba