Olá,

Visitante

Promovendo Educação em Saúde Através de Encontros Sobre o Cuidar de Adolescentes e Jovens

OBJETIVOS:Qualificar os profissionais da rede da saúde do município de Niterói/RJ, no que se refere ao acolhimento, atenção e ao cuidado de adolescentes e jovens. Pois a temática do curso é pouco abordada no dia a dia de treinamentos, capacitações, cursos para os profissionais de saúde.METODOLOGIA: Durante as visitas técnicas realizadas pelo Programa de Atenção Integral à Saúde da Criança e do Adolescente (PAISCA), observou-se que os profissionais, que atuam no campo da saúde no município demonstravam dificuldades no atendimento, no acolhimento, e na assistência à saúde de adolescentes e jovens. Assim organizou-se um projeto permanente de ensino e qualificação, desenvolvido sob a forma de um curso, composto de dez encontros presenciais, com opção pelo estudo de caso. Leitura prévia, levantamento e análise inicial dos problemas com casos enviados por e-mail, possibilitando reflexão e pesquisa virtual. Trabalham facilitadores, profissionais atuantes no PAISCA, que instigam as discussões e orientam as resoluções dos casos. E convite a técnicos especialistas de áreas afins, para aprofundar as discussões dos casos.

Quando se pensa em promoção da saúde, os adolescentes e jovens compõem um segmento importante da população. Assim, há de se priorizar tanto na graduação dos cursos na área de saúde e de humanas, quanto na qualificação permanente, a adoção de ações de promoção, prevenção e controle das doenças ou agravos na perspectiva da qualificação da atenção a tal segmento etário. Adolescentes e jovens constituem um grupo populacional que exige novos modos de produzir saúde e cuidado, pensando nesta ótica, o curso foi idealizado no sentido de promover encontros sobre o cuidar de adolescentes e jovens.

Há participação ativa e efetiva dos profissionais inscritos no curso, dos facilitadores e técnicos convidados.Torna-se importante repensar as práticas desenvolvidas na atenção básica, recomendando e adotando ações de promoção, prevenção e controle das doenças ou agravos na perspectiva da qualificação da atenção a tal segmento etário. O foco de atenção à saúde não deve estar voltado somente para problemas orgânicos, e sim compreender o desenvolvimento integral dessa população.

Principal

Andressa Ambrosino Pinto, Odila Dias Curi E Sergio Arino Marques dos Santos.

bethaquilino@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Niterói

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

R Visconde de Sepetiba, 987 - And-8

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Elisabeth Aquilino Bacchi

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

03 ago 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Objeto de Aprendizagem Sobre o Calendário Vacinal de Pessoas Vivendo com Hiv/Aids para Profissionais de Saúde
Rio Grande do Sul
Práticas
Telemedicina: o Telediagnóstico de Espirometria Como Estratégia de Fortalecimento da A.P.S.
Rio de Janeiro