Olá,

Visitante

Projeto saúde no bairro: um novo modelo de assistência à saúde

O direito de todos os cidadãos brasileiros à saúde foi impulsionado, na década de 1980, por um amplo movimento nacional para uma reforma sanitária no país. Em decorrência desse processo foi instituído pela Constituição Federal de 1988 um sistema de saúde único, universal e equânime: o Sistema Único de Saúde (SUS).
A Prefeitura de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação da Atenção Primária e da Estratégia Saúde da Família, desenvolveu várias ações educativas, preventivas e diagnósticas em bairros do município. O Projeto Saúde no Bairro, ação da Secretaria Municipal de Saúde, acontece mensalmente, no turno da manhã, buscando promover maior acesso da população aos serviços de saúde, proporcionando prevenção, cuidado, proteção e tratamento.
Serviços de atendimento multiprofissional são levados para todos os bairros do município, tais como: vacinação de rotina e de campanha, teste rápido (Sífilis, HIV, Hepatite B e C), consultas médicas e de enfermagem, atendimento odontológico, verificação de HGT e pressão arterial, agendamento de exames e orientações/informações.
O município de São Francisco está localizado na microrregião de Sousa, alto sertão, no estado da Paraíba, possui uma população de 2.602 de pessoas (IBGE, 2022), residente em sua maioria nas localidades rurais, sendo a agricultura é a principal fonte de renda da população.

O projeto surgiu com a finalidade de promover maior acesso da população aos serviços de saúde.

• Maior interação entre os profissionais e, consequente, melhoramento do trabalho em equipe;
• Articulação e proximidade do relacionamento entre trabalhadores e comunidade;
• Ampliação do acesso aos serviços de saúde para além da UBS;
• Implementação de ações fortalecedoras de um novo modelo de assistência coerente com as necessidades locais;
• Boa adesão da população;
• Garantir periodicamente um espaço coletivo de discussão com a participação de de trabalhadores da UBS e representantes dos usuários, para a realização do planejamento local.

É possível considerar que os processos de trabalho, planejados e desenvolvidos coletivamente, podem produzir resultados significativos, que fortalecem os sujeitos em suas ações cotidianas, e ainda que para existir um novo modelo de assistência à saúde, todos os atores sociais envolvidos (usuários, trabalhadores e gestores) devem sentir-se como corresponsáveis, pois cada ator social possui importante papel que não pode ser representado por outro, mas com o outro, desenvolvendo, assim, relações de compromisso com sua cidadania.

Principal

MARIANA TEODORO DOS SANTOS

mariana.ttsantos@gmail.com

COORDENAÇÃO

Coautores

MARIANA TEODORO DOS SANTOS, ANNIELLY SOCORRO FERNANDES DA SILVA, THAYLLES YARA MARTINS MARQUES BEZERRA

A prática foi aplicada em

São Francisco

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

RUA SELEDOM PEREIRA LOPES, 10 Centro

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

MARIANA TEODORO DOS SANTOS

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

09 abr 2024

e atualizada em

09 abr 2024

Início da Execução

10/01/2023

Fim da Execução

10/12/2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba