Olá,

Visitante

Projeto Itinerante da Atenção Básica: Um Relato de Experiência

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: As atividades desenvolvidas pela equipe de Atenção Básica e CRAS, nos bairros da cidade visam melhorar a qualidade dos serviços da atenção primária, sendo esta, a porta de entrada dos usuários ao serviço de saúde

O município de Chapadão do Céu vem crescendo a cada dia, com isso, aumentando o número de pessoas que procuram os serviços de saúde ofertados no município, com essa expansão, há com mais frequência, dificuldade dos munícipes ao acesso do serviço de Atenção Básica que se localiza no centro da cidade, já que não possuímos uma cobertura de 100% de Estratégia de Saúde da Família- ESF. Não há possibilidade de equidade e integralidade sem a garantia da Universalidade do acesso, a busca da acessibilidade ao serviço se aplica também em facilitar este acesso aos usuários, quebrando barreiras, fazendo com que os serviços de saúde cheguem até eles. Diante disso, a Secretaria Municipal de Saúde, lança o “PROJETO ITINERANTE DE ATENÇÃO BÁSICA”, cujo objetivo é proporcionar o acesso à saúde a toda população, obedecendo assim princípios do SUS. Esse projeto visa expandir o acesso à informação as pessoas assistidas em todos os bairros do município, enfocando todos os segmentos de atuação presentes na Estratégia de Saúde da Família e Vigilância em Saúde. O projeto conta ainda com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social- CRAS, uma vez que o programa também é direcionado para famílias e prevenção de agravos psicossociais.

Consideramos que o Projeto Itinerante deve se tornar uma constante entre as ações de Atenção Básica, uma vez que os resultados foram significativos. Vale ressaltar que outros temas relevantes também devem ser trabalhados assim como: Tabagismo, amamentação, gravidez na adolescência, temas estes que já são preconizados nas ações propostas pelo Ministério da Saúde –MS, considerando assim, que os indicadores do município serão satisfatórios diante dos trabalhos desenvolvidos. O investimento em ações preventivas deve se tornar uma marca da gestão do SUS no município, uma vez que o impacto social se concretiza na melhoria de qualidade de vida, garantindo assim a saúde pública como uma política de integração social na sua totalidade. De acordo com os indicadores de saúde, é elevado os valores destinados estritamente para a compra de medicamentos. Esses dados apresentados são preocupantes, o que nos leva a acreditar e a intensificar ações onde a prevenção seja a melhor forma para proteger a saúde. Sendo assim, através do Projeto Itinerante de Atenção Básica, lutamos para garantir uma melhor qualidade de vida para nossa população, acreditando que a Atenção Básica é e deve ser resolutiva, e que quando executada de maneira responsável e comprometida com os interesses e necessidades coletivas, consegue-se diminuir significativamente o número de agravos evitáveis.

Principal

Vanessa Cervi da Silva

A prática foi aplicada em

Chapadão do Céu

Goiás

Centro-Oeste

Instituição

Av.Ema, Quadra 43 S/N

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Vanessa Cervi da Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba