Olá,

Visitante

Projeto Fisioterapia em Movimento#

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: Com o objetivo de fortalecer as políticas publicas na promoção e prevenção em saúde e com a necessidade de dirimir a demanda reprimida no setor de fisioterapia elaboramos o Projeto FISIOTERAPIA EM MOVIMENTO. Partimos inicialmente pela análise de prontuários onde encontramos um número significativo de pacientes que estavam em tratamento fisioterapêutico à longo tempo e com constantes retornos com problemas ligados a Doenças Crônica não Transmissíveis (DCNT) e algias, dificultando assim o acesso a novos usuários. Com a elaboração do Projeto esses pacientes puderam ter contato com práticas de atividades física coletiva, visando um estilo de vida mais ativo bem como mudanças comportamentais e uma resposta positiva no tratamento da sua patologia, evitando também sufocar cada dia mais os Serviços Públicos de Saúde. Segundo avaliação fisioterápica também constatamos que a maioria desses pacientes crônicos necessitavam de um suporte com orientações e atividades educativas direcionada para o conhecimento de sua patologia. Dessa forma, convidamos o NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) e o Núcleo de Educação em Saúde para desenvolver mensalmente atividades educativas em Saúde visando esclarecer quanto aos cuidados com a manutenção, promoção e recuperação da saúde onde são abordados junto ao grupo os fatores que favorecem o acometimento à saúde e a forma de preveni-las permitindo a troca de experiências e compartilhamento de pessoas que passam por situações parecidas. INDICADORES/VARIÁVEIS/COLETA DE DADOS: O Projeto iniciou em Outubro de 2017, com a participação de 15 usuários e hoje o Projeto está com 127 participantes, sendo a maioria do sexo feminino. Os participantes foram cadastrados e submetidos a anamnese e triagem, através dessas avaliações foi possível a identificação de algumas doenças crônicas não transmissíveis – destas 48 são hipertensos 12 obesos, 30 são diabéticos e os demais apresentam diagnóstico de doenças cardiovasculares. METODOLOGIA O Projeto Fisioterapia em Movimento é desenvolvido nas Unidades Básicas de Saúde dos Bairros de Campo Alegre, Centro e Peixe Dourado no Distrito de Barra de São João e na Unidade Básica de Saúde do Distrito de Rio Dourado. São realizados atividades físicas em grupo duas vezes por semana com duração de uma hora. O ingresso de pessoas para o Projeto se dá através do encaminhamento pelo Médico Clínico Geral da Unidade Básica de Saúde, pelo Ambulatório de Fisioterapia da Policlínica Ivanir de Freitas e pelos Ortopedistas da Rede. Cabe ressaltar que este projeto visa acolher pacientes crônicos. Os participantes do Projeto são avaliados no início e no término das atividades pela enfermeira da UBS (Unidade Básica de Saúde) com relação à frequência cardíaca e pressão arterial que é primordial para o fisioterapeuta saber a intensidade dos exercícios aplicados.

Nunca se falou tanto em qualidade de vida e saúde como nos últimos tempos. O que antes era apenas motivo de preocupação ou modismo, hoje tornou-se uma necessidade. O sedentarismo age como fator de risco para o surgimento de doenças e é considerado o inimigo número um da Saúde Pública, levando cada vez mais as pessoas a solicitarem auxílio médico e terapias para amenizar dores crônicas e para tratamento de diversas patologias. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS): “70% das pessoas do mundo são sedentárias e estão sujeitas a desenvolver doenças cardíacas e obesidade .A falta de atividade física é responsável por 54% do risco de mortes por infarto, 50% por derrame cerebral e 37% por câncer. Apesar de todo conhecimento sobre os efeitos deletórios proporcionados pela inatividade física, ainda constata-se um aumento dessa prevalecência em âmbito mundial, acarretando em um rápido crescimento das Doenças Crônicas não transmissíveis e de algias. A partir destes dados e com a constatação da grande demanda reprimida no Setor de Fisioterapia elaboramos o presente Projeto onde serão realizadas atividades física orientada e regular e atividades educativas em saúde. Apesar de todas as dificuldades estamos focados no nosso papel como equipe de promoção de saúde e priorizamos ações dentro do projeto através do incentivo à prática de atividades físicas que auxiliam na redução das Doenças crônicas não transmissíveis e promoção da convivência social além de ações educativas que visam a manutenção da saúde.

A importância desse Projeto para a Saúde pode ser evidenciada pelo princípio da economia, trazendo não só a diminuição do sedentarismo, como também evitando o aparecimento de doenças crônicas que tem levado cada vez mais as pessoas a solicitarem auxílio médico e terapias para amenizar dores crônicas e para tratamento de diversas patologias. A aplicação deste Projeto em outros Municípios provocará nestes a descoberta do prazer de se trabalhar com promoção de saúde resultando em uma população mais saudável e feliz. Estamos sempre buscando aprimorar as atividades realizadas, estimulando e mostrando que não é preciso muito para que se alcance saúde e bem estar na vida.

Principal

Ibson Carvalho Dames Juniorágnes Ferreira Viana Sardenbergfernanda Cordeiro Marins Sarzedasluciane de Souza Barbosa Stutzrene Dias dos Santossoraia Jorge Costa

secsaudecasimiro@gmail.com

A prática foi aplicada em

Casimiro de Abreu

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Rua Franklin José dos Santos, n 271

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Luciane de Souza Barbosa Stutz

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Universalidade Menos Equidade = Desigualdade
Pará
Práticas
O Controle Social e a Saúde do Trabalhador: Seminário de Capacitação para o Fortalecimento das Ações na Macrorregião de Sobral
Ceará
Práticas
Mapeamento Digital das Ubss do Município de Iguaba Grande.
Rio de Janeiro
Práticas
Ações Integradas de Atenção a Saúde Indígena no Município de Tocantinópolis-To
Tocantins
Práticas
Implementação do Procolo de Enfermagem na Atenção Básica no Município de Muqui/Es
Espírito Santo
Práticas
Oficina de Ervas Medicinais para Mulheres Rurais (Teresópolis)
Rio de Janeiro
Práticas
Saúde Digital no Municipio de Itapema: Implantação do Atendimento Nutricional online
Santa Catarina
Práticas
Medicamentos Fitoterapicos: Xaropes, Sabonete Medicinal e Óleo para os Pés.
Goiás
Práticas
Saúde Bucal: uma Abordagem Multidisciplinar e Transversal no Programa Saúde na Escola
Santa Catarina
Práticas
Trabalhando a Sexualidade no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Santa Catarina