Olá,

Visitante

Projeto Adolescência Feliz

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: Aproximar o sistema único de saúde (SUS) dos alunos da Rede de Ensino. Promovendo atitudes que proporcionam mais qualidade de vida e promoção da saúde entre a comunidade escolar.DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: Vários profissionais estiveram envolvidos no desenvolvimento destas ações, dentre eles a nutricionista, a enfermeira, a psicóloga, a fonoaudióloga, o fisioterapeuta e os cirurgiões-dentistas. Será priorizada a abordagem multidisciplinar dos assuntos com a presença de mais de um profissional nos diferentes encontros. INDICADORES/VARIÁVEIS/COLETA DE DADOS: ao todo durante o decorrer da experiência foram atingidos cerca de 350 alunos da Rede de Ensino. Foram levantados dados epidemiológicos relacionados à obesidade infantil, saúde bucal e avaliação psicológica.OBSERVAÇÕES/AVALIAÇÃO/MONITORAMENTO: A eficácia do Projeto será analisada trimestralmente através da percepção da mudança de hábitos e comportamentos dos adolescentes pela equipe de saúde envolvida e pelos professores da escola. No próximo ano os mesmos alunos serão novamente avaliados e os dados epidemiológicos serão comparados. No final do ano letivo será aplicado um questionário de auto avaliação para os adolescentes participantes. Com os resultados obtidos será traçado um plano de trabalho com novas estratégias e ações a serem desenvolvidas.

Este projeto tem por objetivo trabalhar a promoção e a prevenção em saúde com adolescentes na rede Municipal e Estadual de Ensino do município do Selbach. Foram enfatizados assuntos relacionados a sexualidade na adolescência, alimentação saudável, saúde bucal, hábitos de higiene, álcool e outras drogas, autoestima, violência e bulling. As atividades foram desenvolvidas através de palestras, roda de conversa, encontros, reuniões e dinâmicas, sempre promovendo o diálogo e a troca de informações, oportunizando a divulgação da caderneta do adolescente. Deste modo torna-se importante uma abordagem multifocal e o estímulo da participação da escola no desenvolvimento do cuidado na saúde do adolescente.

Concluímos que para formarmos uma população mais consciente e comprometida com uma qualidade de vida melhor. Precisamos atingir de forma mais efetiva os alunos da Rede de Ensino, pois é nela que se forma o caráter social destes futuros cidadãos e usuários do SUS.

Principal

Noeli Huppes, Aline Paula Philippsen

Michelli Trelles da Rocha

A prática foi aplicada em

Selbach

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

S

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

N

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal