Olá,

Visitante

Profilaxia Pré-Exposição ao Hiv (Prep) como Nova Estratégia para A Prevenção do Hiv – uma Experiência Multiprofissional

No Brasil, em 2017, foram diagnosticados 42.420 novos casos de HIV e 37.791 casos de Aids – notificados no Sinan e registrados no Siscel/Siclom –, com uma taxa de detecção de 18,3/100.000 habitantes (2017), totalizando, no período de 1980 a junho de 2018, 982.129 casos de Aids detectados no país. o município de São Bernardo do Campo apresenta, aproximadamente, 6.031 mil casos notificados de pessoas vivendo com HIV/Aids, sendo que destes, cerca de 2.500 pacientes estão em uso de terapia antirretroviral. Além do uso de preservativo, o Ministério da Saúde recomenda, desde outubro de 2010, o uso de medicamentos antirretrovirais como mais uma forma de prevenção contra o HIV. A PrEP (sigla em inglês de profilaxia pré-exposição), que teve início no Brasil em dezembro de 2017, consiste numa medida de prevenção que indica o consumo diário e contínuo de um comprimido da associação dos antirretrovirais Entricitabina (FTC) 200mg e Tenofovir (TDF) 300mg, para reduzir o risco de infecção pelo HIV.

Parcerias soro diferentes para HIV, pessoas transexuais, profissionais do sexo, gays e homens que fazem sexo com homens, são mais vulneráveis à infecção pelo HIV. Este trabalho tem como objetivo reduzir a transmissão do HIV e contribuir no alcance da Na triagem são feitas abordagens sobre gerenciamento de risco e vulnerabilidades, motivação da PrEP, indicação de uso de PEP, identificação e tratamento de IST, exclusão de infecção pelo HIV por meio do teste rápido e avaliação de sinais e sintomas de infecção aguda para HIV, além de teste para sífilis e hepatites B e C. o médico avalia riscos de comprometimento renal, hepático e fraturas patológicas e o paciente segue para consulta farmacêutica, onde o paciente recebe o medicamento e avaliação e orientação de eventos adversos, interações e importância da adesão. o seguimento é feito a cada três meses, com primeira dispensação para 30 dias e, caracterizada a adesão, o seguimento poderá ser trimestral, com testagem rápida para HIV.

Além das populações específicas, características vistas em outras populações constituem risco de infecção pelo HIV, como repetição de práticas sexuais com penetração sem uso de preservativo, frequência das relações com parcerias eventuais, quantidade e diversidade de parcerias sexuais, histórico de IST, busca repetida por PEP, além da troca de sexo por dinheiro, drogas, moradia. o Brasil é o primeiro país da América Latina a utilizar essa estratégia de prevenção como política de saúde pública e o município de São Bernardo do Campo está entre os 22 municípios a iniciar a PrEP. De janeiro de 2018 até o prezado momento, o Programa Municipal de HIV/Aids do município apresenta 225 usuários cadastrados para PrEP e 158 pacientes em acompanhamento.É reconhecido que nenhuma intervenção isolada é suficiente para reduzir novas infecções e que fatores operam em diferentes condições sociais, econômicas, culturais e políticas. Devem-se ofertar estratégias abrangentes de prevenção, a fim de garantir diversidade de opções que orientem as decisões e que permita a escolha que melhor se adeque às condições e circunstâncias de vida dos usuários, tendo como princípios norteadores a garantia de direitos humanos e o respeito à autonomia do indivíduo.

Principal

Gabriela Euzébio Barone

gabizizi2008@hotmail.com

Coautores

Alexandre Lelis Braga, Cristiane Da Silva, Helena Dimov Carvalho, Riana Rodrigues Emílio Lopes, Sandro Sérgio Samitsu

A prática foi aplicada em

São Bernardo do Campo

São Paulo

Sudeste

Instituição

Avenida Armando Ítalo Setti, 402 – Baeta Neves – São Bernardo Do Campo - Sp

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Geraldo Reple Sobrinho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal