Olá,

Visitante

Pré – Natal Masculino Como Forma Estratégica de Acesso e Acolhimento do Homem na Atenção Básica

ObjetivoIncluir e ampliar o acesso e acolhimento dos homens aos serviços e programas de saúde, qualificando as práticas de cuidado por meio das ações do Pré-natal do parceiro como estratégia essencial à promoção da saúde da população masculina na atenção básica.MetodologiaA metodologia desenvolvida para esta experiência no âmbito da Atenção Básica deu – se através de reuniões com a equipe multiprofissional da Secretaria Municipal de Saúde do município de Boa Vista do Buricá – RS. Diante do que foi discutido, foram desenvolvidas ações para promover o seu cuidado através do Pré – Natal do Pai/Parceiro como: exames de rotina, testes rápidos, atualização do cartão de vacina, atendimento odontológico e a participação no grupo de gestante. Sendo que as mesmas foram realizadas conforme solicitação dos profissionais de saúde envolvidos a cada trimestre de gestação em que o pai/parceiro acompanhou a gestante.

A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, através de uma ferramenta inovadora, o Pré – Natal do Pai/Parceiro, objetiva uma mudança de olhar por parte de vários profissionais da saúde e gestores, refletindo a importância do envolvimento consciente e ativo na melhoria do vínculo afetivo familiar saudável. Olhando desta forma, não apenas o binômio mãe – criança, e sim para a rede materno – paterno – infantil com garantia de acesso ao atendimento de saúde a família como um todo. Desta forma, o Pré – Natal do Parceiro constitui uma importante “porta de entrada positiva” para o homem nos serviços de saúde. E, assim, aproveitando sua presença nas consultas de Pré – Natal se torna uma via para oferecer os exames de rotina, testagem rápida, participação nos grupos de educativos/grupo de gestantes, atendimento odontológico, atualização da caderneta de vacinas buscando a integralidade no cuidado desta população.

O período da gestação é de grande valia para todas as pessoas envolvidas. O acompanhamento do pai/parceiro durante a gestação tornou – se fundamental para o bem estar biopsicossocial da mãe, do bebê e dele próprio, passando a ser um momento de cuidado com ele. Assim, desenvolvendo estas ações para intensificar e promover a prevenção da saúde da população masculina como forma de fortalecer o seu vínculo com os serviços de saúde.

Principal

Marieli Cristiane Centa Fin

A prática foi aplicada em

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

Boa Vista do Buricá

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Universalidade Menos Equidade = Desigualdade
Pará
Práticas
O Controle Social e a Saúde do Trabalhador: Seminário de Capacitação para o Fortalecimento das Ações na Macrorregião de Sobral
Ceará
Práticas
Mapeamento Digital das Ubss do Município de Iguaba Grande.
Rio de Janeiro
Práticas
Ações Integradas de Atenção a Saúde Indígena no Município de Tocantinópolis-To
Tocantins
Práticas
Implementação do Procolo de Enfermagem na Atenção Básica no Município de Muqui/Es
Espírito Santo
Práticas
Oficina de Ervas Medicinais para Mulheres Rurais (Teresópolis)
Rio de Janeiro
Práticas
Saúde Digital no Municipio de Itapema: Implantação do Atendimento Nutricional online
Santa Catarina
Práticas
Medicamentos Fitoterapicos: Xaropes, Sabonete Medicinal e Óleo para os Pés.
Goiás
Práticas
Saúde Bucal: uma Abordagem Multidisciplinar e Transversal no Programa Saúde na Escola
Santa Catarina
Práticas
Trabalhando a Sexualidade no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Santa Catarina