Olá,

Visitante

Plantas Medicinais Aromáticas e Aromaterapia

Escuta acolhedora de demandas individuais com reflexões holísticas a partir da leitura da biodiversidade, utilizando a análise da natureza com a expressão dos aromas. Com linguagem acessível conforme cada interagente conversamos sobre aspectos da comunicação entre as plantas, e a expressão dos seus aromas e integração com o meio. A importância em avaliarmos todos os aspectos de vida, o nosso entorno, relações e conexões com a vida. A partir destas interações há a experiência olfativa com os aromas e dialogamos sobre os sentidos, com expressões espontâneas dos sentimentos. Ao final é conduzida uma meditação com o objetivo de integrar o conhecimento, relaxar e sentir-se parte da natureza. É feito troca de saberes, das quais o interagente já possui, podendo ser transmitido formas de extrair os aromas de plantas aromáticas de maneira simples e que possa ser utilizado no dia a dia em diversos contextos ampliando as possibilidades de autocuidado.

Ampliar formas de autocuidado com plantas medicinais aromáticas e óleos essenciais. Utilizar plantas aromáticas como uma prática de autocuidado é acessível, de baixo custo e adaptável a diversos contextos de vida, não requer tecnologia específica apenas o resgate de conhecimentos populares ou tradicionais. O objetivo principal é utilizar esta prática como um caminho de alcançar o pensamento sistêmico e integração das pessoas ao meio onde vivem, a natureza.

Utilizar plantas medicinais aromáticas como uma prática de autocuidado acessível, de baixo custo e adaptável a diversos contextos de vida, não requer tecnologia específica apenas o resgate de conhecimentos populares ou tradicionais. O objetivo principal é utilizar esta prática como um caminho ao pensamento sistêmico e integração das pessoas no meio onde vivem, com a sociedade e a natureza. Adotando cinco passos principais: 1) Escuta acolhedora de demandas individuais2) Reflexões holísticas a partir da leitura da biodiversidade, utilizando a análise da natureza com a expressão dos aromas pelas plantas que integra uma comunicação com o meio, com os polinizadores e outras plantas. 3) Experiência olfativa com aromas de plantas e dialogo sobre os sentidos4) Meditação para integrar o conhecimento, relaxar e conectar-se natureza.5) Troca de saberes ampliando as possibilidades de autocuidado.

Principal

Lisiê Silva Dalsasso Joaquim

lisiebr@gmail.com

A prática foi aplicada em

Florianópolis

Santa Catarina

Sul

Instituição

R. Profa. Maria Flora Pausewang, 108

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ge.Amanhecer@Gmail.Com

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Educação em Saúde, Cultura e Ambiente Como Estratégia para a Implantação da Fitoterapia na Atenção Básica do Município de São Francisco do Conde-Bahia
Bahia
Práticas
Relato do Processo de Implantação de Protocolo de Fitoterápicos Municipal no Município de Vera Cruz do oeste, Brasil
Paraná
Práticas
Projeto Farmácia Viva
Piauí
Práticas
Gestão das Pics: Instrumento de Avaliação Como Indicador de Efetividade e Consolidação na Aps.
Santa Catarina