Olá,

Visitante

Painel de Monitoramento: uMA Ferramenta de Acompanhamento e Busca Ativa Vacinal

Categoria não especificada

Tendo em vista a necessidade de elevar as coberturas vacinais das crianças menores de um ano de idade, ao qual dados do SIPNI WEB tem revelado insatisfatórios. E considerando que o monitoramento e a busca ativa vacinal se constituem como importantes ferramentas preconizada pelo Programa Nacional de Imunizações. O município de Riacho das Almas/PE, por meio da Coordenação Municipal de Imunizações, realizou, em setembro de 2022, a implementação de um Painel de Monitoramento Vacinal com o intuito de aprimorar os serviços de saúde e aumentar as coberturas vacinais. Percebeu-se um aumento da cobertura vacinal ao final do ano, em comparação ao ano anterior. A implementação e utilização do Painel de Monitoramento possibilitou conhecer a situação vacinal das crianças menores de um ano de idade do território, viabilizando em tempo oportuno a busca ativa vacinal e sistematizando o processo de trabalho das Equipes de Saúde da Família, contribuindo assim com o aumento das coberturas vacinais.

Por meio da análise dos indicadores de cobertura vacinal, obtidos através do SIPNI WEB e dos resultados do primeiro quadrimestre do Previne Brasil, o qual revelaram-se insatisfatórios, percebeu-se a necessidade da realização de um monitoramento mais detalhado para entender como estava o cumprimento dos esquemas vacinais e se estavam sendo registrados de forma adequada. Para alcance dos objetivos, em setembro de 2022, implantou-se um Painel de Monitoramento Vacinal por meio da criação de uma planilha online, utilizando-se o programa Google Sheets, nelas foram inseridas dados como: nome, data de nascimento, idade, numero do Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou Cadastro de Pessoa Física (CPF), Agente Comunitário de Saúde (ACS), imunobiológico administrado (pentavalente e Poliomielite) e data correspondente da aplicação, por fim, o status vacinal, identificado pelas cores: vermelha (para vacina em atraso); laranja (para vacina no prazo) e verde (para vacina aplicada). Essas planilhas foram compartilhadas em nuvem com os profissionais que compõem as Equipes de Saúde da Família (ESF), de modo a permitir a inserção dos dados das crianças de cada território adscrito no âmbito do município e o acompanhamento do status vacinal. A gestão municipal por meio da Coordenação do PNI, se encarregou mensalmente de realizar o monitoramento, verificando o cumprimento dos esquemas vacinais e o seu adequado registro no sistema de informação E-SUS AB.

Com a implementação do Painel de Monitoramento Vacinal, identificou-se de maneira nominal um total de 272 crianças menores de um ano de idade cadastradas no território por ESF, bem como a obtenção de dados acerca das vacinas administradas. Dessas, aproximadamente 73% atualizaram a dose vacinal da Pentavalente e 75% atualizaram a dose da vacina contra Poliomielite no período analisado. Ainda, foi possível obter um comparativo de cobertura vacinal, por meio do SIPNI DATASUS, entre os anos de 2021 e 2022 dos principais imunobiológicos administrados em crianças menores de um ano de idade. Analisando os dados coletados para as vacinas avaliadas no Previne Brasil (Pentavalente e Poliomielite – VIP), principais vacinas contidas no Painel de Monitoramento, permitiu-se observar um aumento considerável da cobertura no ano de 2022 atingindo um percentual de 82,47 e 80,17, respectivamente. Diferente dos dados apresentados para o ano de 2021, quando o município possuía percentuais inferiores, alcançando uma cobertura vacinal de 76,13 e 72,26 para ambos imunobiológicos. Para aquelas crianças em que por intermédio do painel identificou-se haver atraso, as Equipes de Saúde da Família foram alertadas para realização de busca ativa vacinal e sensibilização dos pais ou responsáveis em manter a vacinação atualizada.

A implementação e utilização do Painel de Monitoramento possibilitou conhecer a situação vacinal das crianças menores de um ano de idade do território de maneira prática. Embora o painel contemple apenas as duas vacinas previstas no indicador 5 do Programa Previne Brasil , permitiu de forma indireta a atualização das demais vacinas previstas para a faixa etária. Por ser uma planilha com compartilhamento em nuvem, proporcionou um maior engajamento por parte das Equipes de Saúde da Família no que tange ao monitoramento e busca ativa das crianças faltosas contribuindo assim com o aumento das coberturas vacinais. Pretende-se, posteriormente, acrescentar no painel de monitoramento informações referentes as demais vacinas previstas para a faixa etária.

Principal

NATALIA DOS SANTOS SOUZA

Coautores

Iêda Rodrigues de Freitas, ALYNE FERNANDA TORRES DE LIMA, Eliane Braz

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Os caminhos para alcançar os indicadores de desempenho do Previne Brasil pelo município de Bom Jesus (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba