Olá,

Visitante

Não Mude Sua Rotina, Quem Ama, Vacina!

Categoria não especificada

O município de Bueno Brandão-MG, através do acolhimento e articulando o atendimento à demanda espontânea e como critérios a baixa cobertura vacinal elaborou e executou o projeto de ação intitulado de “ Não mude sua rotina, quem ama, vacina!”, através de ações estratégicas simplificadas para a realização da cobertura vacinal “extramuros” dos pacientes de um determinado bairro do município de Bueno Brandão-MG, além de ter definido um ponto estratégico para a execução do Plano de Ação para o Fortalecimento das Ações de Imunização, através da realização da vacinação dos pacientes “casa à casa” pela equipe de imunização. As ações desenvolvidas no plano de ação levaram em consideração o bairro com uma maior prioridade, com relação a faixa etária, maior incidência de vacinas atrasadas e origens, no que se refere a hábitos, costumes, níveis educacionais e afins, conforme levantamentos realizados pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). As ações ocorreram nas datas de 15, 17 e 27 de março de 2023 em horários comercial e contra turno no bairro Parque Brigagão em Bueno Brandão-MG, contabilizando um total de 219 cartões averiguados, 47 pessoas vacinadas na ação “extramuros” e 20 pessoas vacinadas na sala de vacina da Unidade Básica de Saúde (UBS), após serem orientadas para o comparecimento na unidade.

O presente projeto intitulado de “Não mude sua rotina, quem ama, vacina!”, buscou descrever e definir um ponto estratégico no município de Bueno Brandão-MG para a execução do Plano Estratégico de Ação para o Fortalecimento das Ações de Imunização. As ações foram modeladas a partir de um Planejamento Estratégico Simplificado, descrevendo todo o processo de elaboração das operações desde a elaboração do projeto, identificação dos problemas e execução das ações e medidas necessárias para a concretização do plano de intervenção (FARIA et al, 2018). Atualmente não se tem um registro de dados exato que comprove a porcentagem da cobertura vacinal por área ou microárea. As informações necessárias para essas buscas ou a melhor ferramenta de apoio para as identificações são os Sistemas de Informações do Programa Nacional de Imunização (SIPNI) que, no entanto, não supre essas informações. Já o problema apresentado é enfrentado atualmente na forma de busca ativa e não se tem uma padronização do processo de trabalho. Muitas vezes o principal problema da não vacinação é motivado pela falta de informação, ou por informações falsas provenientes de familiares, mídia e crenças que levam a hesitação da população em se vacinar. Além disso, outro fator importante que podemos destacar, Segundo Miguel Rocha Neto, 2021 é o fato de as pessoas não conviverem mais com as consequências graves provocadas por doenças imunopreveníveis, fazendo com que as pessoas não percebam o risco que correm pela não prevenção destas doenças através da vacinação. Sendo assim o trabalho realizado pelas equipes de imunização na busca pelos indivíduos e pacientes não vacinados ou faltosos são prejudicados pelas dificuldades no controle e acompanhamento dessas populações.

A partir disso, uma atividade importante que tem sido utilizada é o Monitoramento Rápido de Cobertura (MRC), que visa avaliar a cobertura vacinal por meio de visita domiciliar e ou busca ativa, através dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), solicitando a comprovação do cartão de vacina. Os resultados obtidos são de grande importância sobre a definição e modificação de estratégias, buscando melhorar a cobertura vacinal (BRASIL, 2015). Como estratégias para o fortalecimento da imunização e organização das atividades de vacinação as ações executadas e promovidas pelo município de Bueno Brandão-MG, foram planejadas e divididas em três dias sendo estes dia 15, 17 e 27 de março de 2023, compreendendo período da manhã e tarde com horário comercial das 08h as 17h e contra turno das 17h as 20h, além disso, as ações contaram com o apoio de um veículo disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde, motoristas e equipes de enfermagem, estas responsáveis pelos protocolos e aplicações de todas as vacinas de rotina e preparo de todos os insumos básico necessários para a realização da ação, além do auxílio dos agentes comunitários de saúde da unidade de Saúde ESF Renascença lotada no bairro e agentes de Epidemiologia. As equipes de vacinação, após a caracterização da população alvo se deslocaram até o bairro, portando todas as vacinas de rotinas, dentre elas Hepatite B, Pentavalente, Pneumo 10, VIP, Vacina Oral de Rotavírus Humano, Meningocócica C, Triviral, Hepatite A, Varicela, DTP, HPV, Meningocócica ACWY, dT, dTpa, estas armazenadas em caixas térmicas, contendo gelox e instrumentos para monitoramento de temperaturas e foram preparadas seguindo todos os protocolos de segurança e higiene e posteriormente administradas nos pacientes, após a verificação das cadernetas de vacinas.

A vacinação caracteriza-se por uma ação rápida e simples e com grande eficácia na prevenção de doenças imunopreveníveis e de promoção à saúde; • Esses tipos de estratégias e ações contribuem substancialmente para eliminação de doenças já erradicadas, além de contribuir para alcançar as metas propostas pelo Ministério da Saúde; • A recusa dos pacientes “não vacinados” causa muita preocupação, visto que não colocam apenas a própria saúde em risco, mas também de pessoas do convívio social e familiar, além de contribuírem para disseminação da doença. • Faz-se importante nas ações a presença de figuras animadas durante as atividades e ações, visto que neste projeto optamos pela presença do palhaço, uma figura alegre colorida e divertida, além do uso de premiações (doces), partindo da ideologia das recompensas como estratégias motivacional para que haja a criação de um vínculo, permitindo que com o passar do tempo criem laços entre os profissionais de saúde e pacientes, uma vez que o profissional é taxado pelo medo e pânico.

Principal

Gustavo José Passari

Coautores

Jéssica Paula Riciatti Nunes, Mariana Alves Trivellato

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Eco-desafio – 30 dias para transformar
Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Projeto social de controle populacional de cães e gatos como função de vigilância em saúde pública
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba