Olá,

Visitante

Os Desafios de Construir Caminhos para Desistitucionalização Sem a Totalidade dos Dispositivos Substitutivos Apropriados, Considerando a Cultura Manicomial dos Atores Envolvidos.

O município de Macaé, localizado no Norte Fluminense, possui 251.631 mil habitantes. O Programa de Saúde Mental é composto por sete dispositivos: CAPS, CAPS AD, CAPSi, Núcleo de Saúde Mental, Residência Terapêutica, Desinstitucionalização, Tabagismo. Neste cenário a equipe de desinstitucionalização desenvolve estratégias visando a reabilitação psicossocial no território com ênfase na produção da autonomia de forma a garantir seus direitos e inclusão social.METODOLOGIA: Visitas periódicas ao Hospital Psiquiátrico da Região, Reuniões intersetoriais de Rede, atendimento individual e familiar, visitas domiciliares e institucionais, Realização de grupo de apoio aos familiares, acompanhamento dos moradores da residência terapêutica, apoio técnico as equipes dos dispositivos de saúde mental, desenvolvimento de ações nos contextos dos projetos terapêuticos singulares que viabilizem a obtenção de documentação e o acesso a benefícios previdenciários e assistenciais, implementação do Programa de Volta pra casa no município, ações articuladas junto ao Ministério Público, construção de metodologias e estratégias específicas junto as redes intersetoriais.

Construir parcerias institucionais para fortalecer a rede de Saúde Mental, desenvolver estratégias de apoio matricial aos atores implicados no projeto

Buscando uma interlocução com as equipes de saúde, a equipe de desinstitucionalização, através do apoio matricial, oferece retaguarda assistencial e suporte técnico pedagógico, compartilhando vivencias dos usuários, em uma atitude de corresponsabilização pelos casos. Para além disso, o trabalho de apoio aos familiares, permitiu conhecer a experiência da sobrecarga e apoiar iniciativas de ajuda mutua, promovendo educação em saúde e autonomia.

Principal

Janaina Viana de Almeida

janavialmeida@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Cosems-Rj

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Redes – Articulação Intersetorial de Políticas Sobre Drogas no Município de Rondonópolis, Mt.
Mato Grosso
Práticas
Percursos Formativos na Rede de Atenção Psicossocial
Práticas
A Implantação do Serviço Integrado de Saúde Mental – Sim Pr Trabalho em Rede com os Municípios de Abrangência do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa oeste do Paraná – Ciscopar
Paraná
Práticas
Apoio Matricial em Saúde Mental no Município de Ponta Grossa: Desafios para a Implantação
Paraná
Práticas
A Importância do Vínculo da Equipe do Consultório na Rua de Taguatinga no Resgate À Saúde de Idoso com Transtorno Mental em Situação de Rua na Atenção Básica.
Práticas
Relato de Experiência com a Transição do “Técnico de Referência” para “Miniequipe de Referência” no Caps Ad do Município de Ponta Grossa – Pr
Paraná
Práticas
Percursos Formativos: Intercâmbio Entre Experiências e Supervisão, para a Qualificação da Rede de Atenção Psicossocial com Ênfase em Álcool e outras Drogas
Paraná
Práticas
Qualificação das Equipes de Estratégia Saúde da Família para o Atendimento Aos Portadores de Transtorno Mental no Município de Ponta Grossa – Pr: uma Proposta de Intervenção
Paraná
Práticas
Exercícios de Respiração, Atenção Plena e a Consciência Corporal Estimulam Mudanças de Padroes Comportamentais de Usuarios do Caps Ad Emponta Grossa – Paraná
Paraná
Práticas
Redes – Articulação Intersetorial de Políticas Sobre Drogas
Distrito Federal