Olá,

Visitante

O Fluxograma de Atendimento À Saúde do Homem Como Dispositivo de Análise das Práticas na Ab

Sabemos que a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem/2009 ainda reverbera muito pouco nas práticas cotidianas de saúde, tendo em vista sua recente inserção no campo e as ainda proeminentes interferências de lógicas patriarcais e machistas na saúde coletiva. Frente a esta questão, a Assessoria de Saúde do Homem do Município de Vassouras, junto à coordenação de Atenção Básica e o Grupo de Trabalho de Saúde dos Homens, criou um Protocolo e Fluxograma de atendimento à população masculina baseados nos eixos estruturantes da PNAISH, com vistas a respaldar e nortear o trabalho das esquipes de saúde da família. O fluxograma se constitui partindo de sete (07) públicos alvos específicos, quais sejam: pré-natal do parceiro, alteração de pressão arterial e glicemia, uso abusivo de álcool e/ou outras drogas e sofrimento psíquico, suspeita ou confirmação de violência, usuário sem queixas, usuário tabagista e abordagem em saúde sexual e reprodutiva. A partir desses públicos alvos são estabelecidas ações e condutas que privilegiam estratégias de acesso e acolhimento do usuário, bem como um olhar integral em saúde, compreendendo o homem como um sujeito generificado e os usuários em suas singularidades. Desta forma, criamos um calendário de reuniões com as unidades de saúde para apresentar o fluxograma e problematizar o trabalho das equipes junto à população masculina, partindo das ações e condutas apresentadas no documento e dialogando com as práticas já instituídas nas UBS.

Com o objetivo de efetivar o fluxograma de atendimento à saúde do homem junto às equipes de saúde da família, construímos um calendário de reuniões em cada unidade de saúde convidando todos os profissionais das equipes. Desta forma, partimos de uma discussão específica sobre gênero e sexualidade para apresentar a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, partindo de seus eixos norteadores e, em seguida, nos utilizamos da fisicalidade do fluxograma como dispositivo para pensar as práticas já realizadas pelas equipes. A partir disto, problematizamos conjuntamente essas práticas, bem como as condutas estabelecidas no fluxograma. Seguindo uma estratégia dialógica, vamos tecendo possibilidades de atuação frente aos limites impostos pelo cotidiano do trabalho. Além de um espaço de discussão, também tentamos acolher as angústias dos trabalhadores que se aguçam no trabalho vivo em saúde. Nessa medida, a partir da forma mais dura do fluxograma, tentamos interferir nas tecnologias leves das práticas, sendo estas: a linguagem e o acolhimento dos usuários. Ressaltamos que as reuniões se iniciaram no mês de março/2022 após aprovação do protocolo e fluxograma de atendimento à saúde do homem pelo Conselho Municipal de Saúde/Vassouras.Objetivo Geral: Apresentar o fluxograma de atendimento à saúde do homem às unidades de saúde como um dispositivo de reflexão das práticas de saúde dirigidas a esse público, permitindo, com isso, a ativação de novos modos de cuidado que garantam acesso e acolhimento deste público que historicamente, por uma série de razões, encontra-se afastado das lógicas de prevenção e promoção ofertadas pela atenção básica. Objetivos Específicos: Implementar o fluxograma de atendimento à saúde do homem nas unidades básicas de saúde

Com o objetivo de efetivar o fluxograma de atendimento à saúde do homem junto às equipes de saúde da família, construímos um calendário de reuniões em cada unidade de saúde convidando todos os profissionais das equipes. Desta forma, partimos de uma discussão específica sobre gênero e sexualidade para apresentar a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, partindo de seus eixos norteadores e, em seguida, nos utilizamos da fisicalidade do fluxograma como dispositivo para pensar as práticas já realizadas pelas equipes. A partir disto, problematizamos conjuntamente essas práticas, bem como as condutas estabelecidas no fluxograma. Seguindo uma estratégia dialógica, vamos tecendo possibilidades de atuação frente aos limites impostos pelo cotidiano do trabalho. Além de um espaço de discussão, também tentamos acolher as angústias dos trabalhadores que se aguçam no trabalho vivo em saúde. Nessa medida, a partir da forma mais dura do fluxograma, tentamos interferir nas tecnologias leves das práticas, sendo estas: a linguagem e o acolhimento dos usuários. Ressaltamos que as reuniões se iniciaram no mês de março/2022 após aprovação do protocolo e fluxograma de atendimento à saúde do homem pelo Conselho Municipal de Saúde/Vassouras.

Principal

Paulo Armando Esteves Martins Viana

pauloarmando83@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Vassouras

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Rua Visconde Cananéia, 61 – Centro – Vassouras – RJ

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Paulo Armando Esteves Martins Viana

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba