Olá,

Visitante

Módulo de Atenção Psicossocial da Cidade do Recife- Auditoria Como Instrumento de Gestão

O presente trabalho se propõe a relatar o resultado desta experiência e seus impactos para tomada de decisão de gestão. OBJETIVOS- Apresentar a experiência de Auditorias programadas nos Módulos de reabilitação psicossocial e seus impactos nas tomadas de decisões da gestão para garantir a qualidade destes serviços. DESCRIÇÃO- Por solicitação da Gestão, foram realizadas auditorias programadas nos serviços dos Módulos de Reabilitação Psicossocial para avaliar a aplicação dos objetivos de reabilitação psicossocial, cuidado integral em saúde e qualidade do atendimento e adequada aplicação dos recursos destinados. Foram observados os pontos: estrutura física, recursos humanos, o Projeto Terapêutico Institucional, Projetos terapêuticos Singulares dos usuários, mecanismos de articulação da rede, controle social, responsabilidades assumidas pelo prestador e as da gestão municipal.

A auditoria propõe-se a avaliar a qualidade dos serviços de saúde, bem como a eficiência, efetividade e economicidade destes. Assim, contribui para a tomada de decisão, definindo prioridades e auxiliando no planejamento e no monitoramento da gestão. Com objetivo de responder as necessidades das pessoas atingidas pelas sequelas decorrentes das internações de longa permanência, sem vínculo familiar ou profunda rejeição por parte da mesma, e que, no momento, estavam sem indicação para as residências terapêuticas, o Município do Recife, em cumprimento as determinações da Política Nacional de Saúde Mental, decidiu intervir a partir da criação dos Módulos de Reabilitação Psicossociais. Sendo estes instâncias de acolhimento, passagem, reabilitação e ressocialização em saúde mental, fruto da redução e reorganização da assistência dos hospitais sob intervenção, dando suporte clínico e redirecionando a política do Município

Principal

Magda da Silva Figueiroa

A prática foi aplicada em

Recife

Pernambuco

Nordeste

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Magda da Silva Figueiroa

ideiasus@gmail.com

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Oficina de Culinária Afeto e Sabor
Paraíba
Práticas
Aproximando a Comunidade com a Gestão da Atenção Primária em Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al
Alagoas
Práticas
Visita Domiciliar ao Usuário do SUS com Demanda Judicial
Ceará
Práticas
Importância da Conferência Municipal de Saúde para o Fortalecimento da Participação da Comunidade na Defesa do SUS.
Paraíba
Práticas
Participação Popular na Estratégia Saúde da Família em Petrópolis-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Roda de Conversa com As Famílias: Cuidando de Quem Cuida
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Colegiado Gestor nas Unidades de Saude da Família de Japeri-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Controle Social e Saúde do Trabalhador: a Experiência Regional do Conselho Gestor do Cerest- Pólo Duque de Caxias – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
A Experiência do 1º Curso de Capacitação para Conselheiros de Saúde e Membros das Comissões Intersetoriais de Saúde do Trabalhador (Cists) Sobre a Temática da Saúde do Trabalhador do Cerest- Pólo Duqu
Rio de Janeiro