Olá,

Visitante

Imunização Informatizada em Taiobeiras-MG: Tecnologia para Monitoramento da Cobertura Vacinal

Categoria não especificada

Este trabalho objetiva relatar o processo de informatização das ações de imunização em Taiobeiras-MG. O município utiliza um software próprio de Registro Eletrônico em saúde (RES) baseado na estrutura do e-SUS APS. Os dados são compartilhados com todos os serviços de saúde da APS e média complexidade. O cartão vacinal eletrônico é atualizado e permanece disponível no sistema. Com a informatização é possível acompanhar em tempo real a cobertura vacinal e nortear as equipes nas ações de vacinação que merecem intervenções oportunas. Desse modo, o registro eletrônico da imunização tornou-se uma estratégia fundamental para identificar as pessoas em atraso vacinal.

A queda das coberturas vacinais exige esforços adicionais com a estruturação de dados que permitam: o cálculo rápido das coberturas vacinais; a gestão de estoque em tempo real; a identificação individualizada de pessoas com vacinação em atraso; e o compartilhamento do cartão de vacinação virtual para os profissionais da rede.

Taiobeiras possui 5 salas de vacinação com computador e acesso à internet. O registro da vacinação ocorre em tempo real e individualmente a partir do cadastro da pessoa na APS. As doses utilizadas e estoques são atualizados automaticamente, melhorando o gerenciamento dos insumos. O cartão vacinal eletrônico é atualizado e permanece disponível no sistema. O registro fácil, rápido e seguro de informações permite o planejamento das ações, o cálculo de cobertura e a identificação das pessoas vacinadas ou não. Assim, é possível direcionar ações às pessoas em atraso vacinal, com o acionamento do Agente Comunitário de Saúde (ACS) para busca ativa do caso.

Aumentar a cobertura vacinal é resultado de um conjunto de ações estratégicas que perpassam pela: ampliação de serviços; maior aporte tecnológico; treinamento de profissionais; educação em saúde; e busca ativa de pessoas com doses em atraso. Com a informatização do trabalho é possível acompanhar em tempo real a cobertura vacinal e a realização da busca dos faltosos pela APS.

Principal

JAQUELINE DIAS ROCHA

Coautores

Marlon Hallison Cardoso Ramos

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.
Paraíba
Práticas
Relato de experiência: humanização na atenção ao usuário no pronto atendimento de Pilar (PB))
Paraíba
Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Paciente protagonista de sua terapia: o cuidado farmacêutico com pacientes atendidos no CAPS de Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Quando a saúde vai além dos muros das UBS
Rio de Janeiro