Olá,

Visitante

Implantação do serviço de Oxigenoterapia Domiciliar Prolongada (ODP) no município de Nova Friburgo

A população alvo indicada para requerer o serviço de Oxigenoterapia Domiciliar Prolongada (ODP) são os portadores de enfermidades respiratórias que residem no município de Nova Friburgo (RJ) e que, mediante avaliação médica do SUS (pneumologista), são indicados para o tratamento de oxigenoterapia no domicílio. Esse tratamento é voltado aos portadores de diversas enfermidades respiratórias, tais como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC:), enfisema pulmonar, bronquite crônica, fibrose pulmonar, doenças congênitas que provocam hipoxemia, deformidades torácicas graves, bronquiectasias, neoplasias pulmonares, fibrose cística, sequelas de tuberculose e doenças de circulação cardiopulmonar e síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono. Devido a esses indicadores e a constante requisição do serviço por medida judicial, a partir da implantação do Programa Melhor em Casa, podemos criar uma rede de atendimento que engloba a baixa, a média e a alta complexidade, conseguindo assim, de forma adequada, que os pacientes utilizem o serviço.

Apesar de a terapia com oxigênio domiciliar existir há mais de meio século, só a partir dos anos 80 é que surgiram evidências de que a Oxigenoterapia Domiciliar Prolongada (ODP) aumentava a expectativa de sobrevida e melhorava a qualidade de vida de pacientes portadores de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), com hipoxemia crônica. A partir dessas evidências, milhares de pacientes portadores de DPOC, em todo o mundo, passaram a utilizar essa forma de terapia. Considerando-se estatísticas europeias que mostraram uma prevalência de cerca de quarenta pacientes/cem mil habitantes como usuários de ODP, poder-se-ia supor que no Brasil haveria cerca setenta e cinco mil pacientes nessa terapia. Sabemos, entretanto, que esta é a nossa realidade. Podemos inferir, portanto, que uma grande quantidade de brasileiros apresenta graves complicações associadas à insuficiência respiratória crônica hipoxêmica inadequadamente tratada, resultando em consultas extras e frequentes internações hospitalares, com custos de tratamento mais elevados.

Após um ano de implantação do serviço, o município de Nova Friburgo conseguiu reduzir a quase zero as ações judiciais referentes ao serviço de oxigenoterapia domiciliar prolongada.

Economicidade por meio de licitação de serviço com ata de registro de preço, onde o município realmente paga pelo que está sendo utilizado. Além de promover ampla concorrência e avaliação dos produtos pela equipe técnica que garante o melhor produto ao usuário.

Principal

Viviane N. L. O. Medeiros

atencaobasica@pmnf.rj.gov.br

A prática foi aplicada em

Nova Friburgo

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Av. Alberto Braune, 224, 2º andar - Centro, Nova Friburgo - RJ

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Viviane N. L. O. Medeiros

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

11 set 2016

e atualizada em

26 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar
Paraíba
Práticas
V amostra Paraíba, aqui tem SUS
Paraíba
Práticas
Autonomia reprodutiva: empoderamento de mulheres em vulnerabilidade através da inserção do DIU
Paraíba