Olá,

Visitante

Implantação de Práticas Integrativas e Complementares no Município de Varginha-MG

A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PICs) enfatiza a importância da inserção das mesmas na atenção à saúde, amparada na literatura nacional e internacional, que reconhece a vocação natural destas na ampliação da clínica da atenção básica e no favorecimento de processos de autocuidado e estimulo à autocura.

o objetivo deste relato de experiência é apresentar a sistemática e estratégias utilizadas para implantação desta modalidade de cuidado na rede de saúde do município de Varginha-MG. Durante o desenvolvimento de atividades de diagnóstico, dentro de uma lógica de planejamento estratégico situacional, a gestão e profissionais perceberam a necessidade de fortalecer um cuidado em saúde, mais integral, humanizado, participativo e equânime, em que novas práticas de trabalho e cuidado fossem instituídas. Foram realizadas inicialmente ações de educação permanente dos profissionais de saúde, bem como organizado um núcleo de implantação com reuniões bimestrais de monitoramento e avaliação das ações empreendidas. De forma a manter sustentável a implantação das PICs como Política Municipal e não de governo, procedeu-se aprovação junto a Câmara de vereadores da Política Municipal de Práticas Integrativas e Complementares.

Os resultados destas ações indicaram uma melhora na saúde prestada à população, reconhecimento de pacientes e profissionais dos benefícios das mesmas para qualidade de vida e redução dos custos com medicamentos e uso excessivo de serviços de saúde. No caso da atenção básica foram implantadas as práticas de acupuntura e auriculoterapia.Pode-se concluir assim que o desenvolvimento de projetos que visem a implantação das PICs no Sistema Único de Saúde são de suma importância para a melhoria da qualidade da assistência prestada aos usuários, sendo que exemplos como estes podem servir de referência para outros municípios, sobretudo pelo êxito obtido, como na aprovação de projeto de lei que estabelece o marco legal e perenicidade da instituição das PICs no município.

Principal

Vinicio Felipe Brasil Rocha

viniciorocha@yahoo.com.br

Coautores

Heron Ataíde Martins, Augusto César Sousa Raimundo,

A prática foi aplicada em

Varginha

Minas Gerais

Sudeste

Instituição

Rua Eutêmio Tavares, Nº 480. Vila Pinto

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Mário De Carvalho Terra

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal