Olá,

Visitante

Grupo Técnico Sobre A Sífilis: Ações Estratégicas para o Enfrentamento À Sífilis em Recife/Pe

o Grupo de Trabalho sobre a Sífilis foi configurado para ser uma agenda de ações estratégicas para o enfrentamento a esse agravo no município. Constituído pelas áreas técnicas da atenção básica, vigilância em saúde, gestão do trabalho e educação na saúde, planejamento, regulação, laboratório municipal de saúde, assistência farmacêutica e comunicação institucional, o GT tem elencado ações estratégicas para o enfrentamento à sífilis, de forma a qualificar o cuidado em saúde e a gestão do trabalho que vem sendo desenvolvido na Rede de Atenção. A análise da situação epidemiológica do município revela que Recife registrou entre os anos de 2010 e 2018, 6.529 casos de Sífilis Adquirida entre 2007 e 2018, 2.277 casos de Sífilis em gestantes e 4.554 casos de Sífilis Congênita. Essa conjuntura alertou para a necessidade de implementação e fortalecimento das ações de enfrentamento à Sífilis que já vinham sendo realizadas pelo município.

Reduzir a incidência da Sífilis, através do Fortalecimento da Vigilância e da Atenção à Saúde no enfrentamento da Sífilis no município do Recife, intensificando as ações estruturantes e organizacionais da Rede de Saúde. o GT realiza reuniões ordinárias quinzenais monitorando as ações pactuadas, com a realização de subgrupos de discussão de ações específicas. Elabora documentos, define estratégias de intervenções no território. Realiza o monitoramento sistemático dos indicadores de saúde.

Além dos documentos elaborados que vêm norteando as ações de saúde no território, o trabalho que vem sendo desenvolvido vem ampliando a oferta de cuidado (ações e serviços de saúde), a exemplo da ampliação de acesso a unidades com horário de funcionamento alternativo (70 unidades em março 2019). Também as ações do GT têm impactado na ampliação de unidades realizando teste rápido no município (um incremento de 156,5%) e em alguns indicadores de saúde, como o da Taxa de Detecção da Sífilis Congênita e da Sífilis na Gestação (Redução de 16% e aumento de 119%, no ano de 2018, respectivamente).as ações desenvolvidas pelo GT vêm apresentando importantes resultados no enfrentamento a esse agravo no município. A interlocução entre as áreas técnicas, discussão e implementação de ações no território, bem como a qualificação dos trabalhadores e gestores com o olhar da educação permanente têm sido relevante estratégia de intervenção para a gestão municipal. Esses fatos são comprovados pelas avaliações realizadas pelo GT, bem como pelos indicadores de saúde monitorados pelo grupo.

Principal

Juliana Dantas Torres Ribeiro

julianaribeiro@recife.pe.gov.br

Coautores

Jailson De Barros Correia, Kamila Matos De Albuquerque, Andreza Barkekobas, Ana Sofia Costa, Joanna Freire

A prática foi aplicada em

Recife

Pernambuco

Nordeste

Instituição

R Conselheiro Nabuco, 150 - Apto 1501

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Jailson De Barros Correia

Conta vinculada

jailson.correia@recife.pe.gov.br

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Regulação do Acesso À Atenção Especializada: des coberta de um Iceberg e des afios A Serem Superados
São Paulo
Práticas
Fórum Permanente de Embu Guacu: uma Possibilidade de Organização do Cuidado Intersetorial
São Paulo
Práticas
Profilaxia Pré-Exposição ao Hiv (Prep) como Nova Estratégia para A Prevenção do Hiv – uma Experiência Multiprofissional
São Paulo
Práticas
Consultório na Rua: uma Ampliação da Abordagem das Pessoas Vivendo com Hiv/Aids Focando A Adesão
São Paulo
Práticas
Processo Formativo de Apoio em Saúde Mental no Município de Franco da Rocha – Sp
São Paulo
Práticas
Estruturação da Rede de Saúde de Franco da Rocha: Análise do Financiamento das Ações, Por Meio da Transferência de Recursos Obrigatórios e Voluntários ao Município
São Paulo
Práticas
Participação Social na Construção do Planejamento Estratégico em Saúde e do Plano de Educação Permanente no Território de Ermelino Matarazzo/Sp
São Paulo
Práticas
Impactos da Formação de Trabalhadores Sobre Práticas Relativas ao Uso Racional de Medicamentos: Experiência no Contexto do Plano Regional de Educação Permanente em Saúde (Pareps)
São Paulo
Práticas
A Assistência Farmacêutica como Veículo de Educação e Economia
São Paulo
Práticas
Programa de Automonitoramento Glicêmico para Paciente Diabético Insulinodependente
São Paulo