Olá,

Visitante

Grupo de Gestantes “Roda Materna”

Finalidade experiência

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), é dever dos serviços e profissionais de saúde acolher com dignidade a mulher e o recém-nascido. O Estado e os municípios devem garantir à gestante vinculação entre a unidade que presta o pré-natal e a maternidade, garantia de recursos humanos, físicos, materiais e técnicos para garantir o pré-natal, captação precoce da gestante, garantia na realização dos exames complementares, incentivo ao parto normal, atenção à mulher no puerpério e ao recém-nascido, dentre outros serviços. O pré-natal visa realizar o acolhimento da mulher, desde o descobrimento da gestação, assegurando um nascimento saudável da criança e garantia do bem estar materno e neonatal. Uma atenção pré-natal e puerperal humanizada e qualificada se dá por meio de condutas acolhedoras , de fácil acesso ao serviço de saúde, com ações que integrem todos os níveis da atenção: promoção, prevenção e assistência à saúde da gestante e recém-nascido. A realização do pré-natal representa papel fundamental em termos de prevenção e/ou detecção precoce de patologias tanto maternas como fetais, permitindo um desenvolvimento saudável do bebê reduzindo os riscos para a gestante. Informações sobre as diferentes vivências devem ser trocadas entre mulheres e os profissionais de saúde. Essa possibilidade de intercâmbio de experiência e conhecimentos é considerada a melhor forma de promover a compreensão do processo de gestação.

Acolher a gestante desde o início da gravidez, assegurando, no fim da gestação, o nascimento de uma criança saudável e a garantia do bem estar materno e neonatal, obter adesão máxima das gestantes do município ao programa, inserir toda a família no processo de cuidar desta nova criança que está a caminho. O grupo de gestantes do município se tornou uma referência para as mulheres que tem o desejo de serem mães, pois elas se sentem mais seguras, pois sabem que terão o tratamento e acompanhamentos adequados até o final de sua gestação. O trabalho desenvolvido com as gestantes, família, comunidade favorece e aumenta o vínculo dos profissionais com as famílias, torna o pré-natal um momento onde a gestante tem mais conhecimento sobre a situação vivenciada e contribui assim para uma assistência de qualidade no pré-natal, parto e puerpério.

Principal

Alanan Goedert

saudevidal@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Vidal Ramos

Santa Catarina

Sul

Instituição

Rua Leoberto Leal, nº 239.

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Alanan Goedert

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
‘‘Felicidade de Viver’’. Promoção da Atividade Física na Terceira Idade para Melhorar a Qualidade de Vida Física e Mental.
Paraíba
Práticas
Ação Municipal – Juntos Somos Mais Fortes
Tocantins
Práticas
Atenção Domiciliar: a Integralidade do Cuidado Promovendo Saúde e Prevenindo Agravos
Rio de Janeiro
Práticas
Relato de Experiência da Atenção Especializada em Saúde da População Trans no Município de Niterói.
Rio de Janeiro
Práticas
Modelos Assistenciais em Saúde: Desafios e Perspectivas
Rio Grande do Sul
Práticas
A Ótica do Cuidado: Relato de Experiência Sobre o Projeto olhar Brasil Realizado no Município de Vassouras – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Promoção da Saúde a Partir do Resgate da Ancestralidade de Comunidades em Contexto Rural e Quilombola no Município de Natividade
Rio de Janeiro
Práticas
Rede de Atenção com Foco no Cuidado das Pessoas com Doença Falciforme no Município de São Pedro da Aldeia – Rj: Contribuição da Coordenação de Saúde Bucal.
Rio de Janeiro
Práticas
Protocolo para o Cuidado odontológico dos Pacientes com Doença Falciforme no Município de São Pedro da Aldeia – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Nasf Pindoba e o Grupo Plantando com Saúde