Olá,

Visitante

Grupo de Gestantes “Roda Materna”

Finalidade experiência

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), é dever dos serviços e profissionais de saúde acolher com dignidade a mulher e o recém-nascido. O Estado e os municípios devem garantir à gestante vinculação entre a unidade que presta o pré-natal e a maternidade, garantia de recursos humanos, físicos, materiais e técnicos para garantir o pré-natal, captação precoce da gestante, garantia na realização dos exames complementares, incentivo ao parto normal, atenção à mulher no puerpério e ao recém-nascido, dentre outros serviços. O pré-natal visa realizar o acolhimento da mulher, desde o descobrimento da gestação, assegurando um nascimento saudável da criança e garantia do bem estar materno e neonatal. Uma atenção pré-natal e puerperal humanizada e qualificada se dá por meio de condutas acolhedoras , de fácil acesso ao serviço de saúde, com ações que integrem todos os níveis da atenção: promoção, prevenção e assistência à saúde da gestante e recém-nascido. A realização do pré-natal representa papel fundamental em termos de prevenção e/ou detecção precoce de patologias tanto maternas como fetais, permitindo um desenvolvimento saudável do bebê reduzindo os riscos para a gestante. Informações sobre as diferentes vivências devem ser trocadas entre mulheres e os profissionais de saúde. Essa possibilidade de intercâmbio de experiência e conhecimentos é considerada a melhor forma de promover a compreensão do processo de gestação.

Acolher a gestante desde o início da gravidez, assegurando, no fim da gestação, o nascimento de uma criança saudável e a garantia do bem estar materno e neonatal, obter adesão máxima das gestantes do município ao programa, inserir toda a família no processo de cuidar desta nova criança que está a caminho. O grupo de gestantes do município se tornou uma referência para as mulheres que tem o desejo de serem mães, pois elas se sentem mais seguras, pois sabem que terão o tratamento e acompanhamentos adequados até o final de sua gestação. O trabalho desenvolvido com as gestantes, família, comunidade favorece e aumenta o vínculo dos profissionais com as famílias, torna o pré-natal um momento onde a gestante tem mais conhecimento sobre a situação vivenciada e contribui assim para uma assistência de qualidade no pré-natal, parto e puerpério.

Principal

Alanan Goedert

saudevidal@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Vidal Ramos

Santa Catarina

Sul

Instituição

Rua Leoberto Leal, nº 239.

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Alanan Goedert

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba