Olá,

Visitante

Grupo de Cessação do Tabagismo em uma Unidade de Saúde da Família: Relato de Experiência.

ObjetivoO objetivo do grupo foi de ajudar os participantes a deixarem de fumar, fornecendo-lhes todas as informações e estratégias necessárias para direcionar seus próprios esforços nesse sentido, através do aconselhamento, avaliação clínica individualizadaMetodologiaOs tabagistas da área de abrangência da unidade de saúde foram identificados através dos ACS e orientados pela equipe multiprofissional sobre o funcionamento do Programa de Cessação do Tabagismo. Foi realizada uma triagem com os tabagistas dispostos a parar de fumar e aplicados os instrumentos. Em seguida, os pacientes foram avaliados individualmente pelo médico da unidade, o qual prescreveu o tratamento de acordo com a necessidade de cada um, e encaminhados ao grupo de cessação do tabagismo, o qual foi formado por 10 participantes. Inicialmente, foram realizadas quatro sessões estruturadas semanais, seguidas de duas sessões quinzenais e uma sessão mensal até completar 12 meses de funcionamento do grupo.

O tabagismo é reconhecido como uma doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco. O tabaco fumado em qualquer uma de suas formas causa até 90% de todos os cânceres de pulmão e é um fator de risco significativo para acidentes cerebrovasculares e ataques cardíacos mortais. Desde o final da década de 1980, sob a ótica da promoção da saúde, a gestão e governança do controle do tabagismo no Brasil vem sendo articulada MS, o que inclui um conjunto de ações nacionais que compõem o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT). Dessa forma, foi implementado um Grupo de Cessação do Tabagismo em uma unidade de saúde da família, localizada no município de Dom Basílio/BA, organizado por uma equipe multiprofissional, com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde.

A dependência nicotínica é, sem dúvida, extremamente difícil de ser tratada, pois envolve uma série de costumes e conflitos pessoais constantemente ligados ao ato de fumar. Porém, o tratamento desta dependência é um desafio que deve ser enfrentado pelas equipes de saúde em todos os níveis de atenção. A experiência relatada deixou clara a eficácia do grupo, proporcionando ao tabagista o aconselhamento, suporte medicamentoso e acompanhamento multiprofissional, além de promover educação em saúde.

Principal

Valiane Loredo de Matos Félix

A prática foi aplicada em

Bahia

Nordeste

Instituição

Dom Basílio

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

22 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Programas de provimento médico federais: estratégias de monitoramento e avaliação municipais
Rio de Janeiro
Práticas
Acessibilidade no SUS: Implantação de um laboratório da Língua Brasileira de Sinais em unidades de Estratégia da Família em São Pedro da Aldeia
Rio de Janeiro
Práticas
Imuniza Glória: Trabalhando em rede fortalecendo e rescrevendo um novo capítulo na história da imunização do município de Nossa Senhora da Glória- SE
Sergipe
Práticas
Estratégias para melhoria da cobertura vacinal de Itabaianinha com parcerias intersetoriais – SE
Sergipe
Práticas
Conjunto de estratégias para aumento de coberturas vacinais num município do nordeste brasileiro: Cidade Mãe de Sergipe
Sergipe
Práticas
Arte como instrumento de cuidado na Atenção Primária à Saúde
Bahia
Práticas
O Agente Comunitário de Saúde e a integralidade do cuidado no controle das Arboviroses.
Rio de Janeiro
Práticas
O Nasf de Armação dos Búzios como uma fênix em tempos sombrios: novas tecnologias a serviço do cuidado
Rio de Janeiro
Práticas
ATHIS Casa Saudável
Rio Grande do Sul
Práticas
Campanha Permanente de Castração de Cães e Gatos: Combate Estratégico às Zoonoses Centrado nos Princípios do SUS e no Conceito Território em Saúde, em Gurupi – To
Tocantins