Olá,

Visitante

Grupo da Paz: Desenvolvendo Equidade e a Cultura da Paz

O acompanhamento do grupo e feito pelas Agentes de saúde com a supervisão da coordenadora da unidade e suporte de uma Assistente social do NASF a qual participa esporadicamente, o grupo também conta com o apoio de toda equipe (na medida do possível devido a suas atribuições dentro da unidade). A adesão é continua por parte dessas crianças ,totalizando 98% de frequência . Amudança no comportamento dessas crianças é visivel,uma vez que os familiares ,a comunidade e a propria equipe da unidade teem pecebido dia a dia essa mudança. Algumas das atividades desenvolvidas pelo grupo são: – A tividades ao ar livre brincando de peteca, as Agentes de saúde ensinam eles a brincarem de petecas e a importância das brincadeiras antigas,partidas de fultebol. -horta comunitaria, as Agentes de saúde trabalham a importancia de mexer na tera, plantar e colher o proprio alimento, colocando eles para mexer na terra e plantar mudas de verduras , frutas e chás doadas pelas agropecuárias da comunidade. – Integração com o grupo de idosos da comunidade,uma vez por mês as crianças do grupo participam do grupo de ginastica da terceira idade,nessa integração eles fazem varias atividades, dentre elas os idosos contam histórias de como era antigamente, além da atividade laboral que realizam juntos.

O Grupo da paz se caracteriza como uma abordagem terapêutica na unidade de saúde Márcia Maria Andreatta, cituada na rua : João Batista Derreti,226 Bairro dos Estados ,no município de Indaial/SC. O município de Indaial é localizado no vale Europeu no estado de santa Catarina, e é conhecida por ter uma população tradicionalmente Alemã , com raízes culturais preestabelecidas. A comunidade da Cohab , onde ocorre o Grupo da Paz possui cerca de 2500 habitantes,é caracterizada como uma comunidade vulnerável , muitas famílias são advindas de outras localidades do país, norte, nordeste é centro oeste, o que acarreta diferenças culturais e comportamentais na dinâmica local. Recém inaugurada no mês de julho do ano de 2016 os integrantes da unidade de saúde, logo perceberam que ao redor da unidade, ficavam várias crianças nas ruas expostas a vários risco eminentes como acesso as drogas e criminalidade. Preocupada com a situação toda a equipe reuniu se para discutir o assunto em questão, durante essa reunião ficou decidido que a unidade buscaria vinculo com esse público, de modo a facilitar a interação e tornar a unidade de saúde como um ponto seguro de cuidado para essas crianças e seus familiares.

Principal

Malvina Juliane Ribeiro

juribeiro24@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Indaial

Santa Catarina

Sul

Instituição

R: João Batista Deretti,226

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Malvina Juliane Ribeiro

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

09 jul 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba